Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
26/08/2022 às 17h33min - Atualizada em 26/08/2022 às 17h33min

Comoção no velório de agente saúde de Primavera do Leste morta a facadas; médica continua em estado grave

"Ouvi gritos e achei que era alguém passando mal", diz testemunha de assassinato em Primavera do Leste (MT)

G1 MT 
ARAGUAIA NOTÍCIA 


Durante o velório da agente de saúde Regy Rouse Lopes de Oliveira, assassinada na tarde de quinta-feira (25), em um posto de saúde em Primavera do Leste, famíliares e colegas de trabalharam falam sobre o crime.

A enfermeira Érica Ferreira de Lima estava no local quando tudo aconteceu e relatou os momentos vividos na unidade.

"Ouvi gritos e fui atender o chamado, achei que fosse alguém passando mal. Quando eu cheguei, essa pessoa [o suspeito] estava com a faca em cima da barriga da médica e ela estava no chão, se debatendo. A agente de saúde estava dentro da sala, mas não tinha sido atingida" contou.

A irmã da vítima, Dejailse Fátima de Oliveira Lopes, pediu que o suspeito seja punido pela Justiça.

"No seu próprio serviço, por falta de segurança, que nós devemos ter, mas principalmente as pessoas da saúde, porque eu vejo que é uma luta o que eles fazem por nós e não tem segurança. A Justiça tem que correr atrás e a população deve se unir"

Em nota, a Prefeitura de Primavera do Leste lamentou a morte da funcionária e disse estudar ações efetivas para melhoria na segurança dos profissionais de saúde. (Veja a íntegra ao fim da reportagem)

O crime[Regy Rouse Lopes de Oliveira e Jaqueline Matos da Croce foram atingidas com uma facada — Foto: Reprodução]Regy Rouse Lopes de Oliveira e Jaqueline Matos da Croce foram atingidas com uma facada — Foto: Reprodução

O crime aconteceu na tarde de quinta-feira (25), em uma Estratégia Saúde da Família (ESF), em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá.

Segundo a polícia, Antônio Anderson Ferreira Lima, de 34 anos, é natural de Altamira (PA) e reside em Primavera do Leste, no bairro São José, onde fica o posto de saúde, há pouco tempo. O suspeito trabalhava na área de construção civil.

Ele não possui antecedentes criminais em Mato Grosso, também conforme a polícia.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito estava com a faca escondida na região da cintura e esperou a consulta de outra paciente para entrar na sala, onde esfaqueou a médica.

Uma testemunha interviu, pegou uma mesa de madeira e foi em direção ao suspeito, que parou com as agressões.

Ainda segundo a polícia, o homem conseguiu sair do consultório e esfaqueou a agente de saúde na região do tórax.

O suspeito estava, ainda conforme a polícia, em surto psicótico.

Regy House Lopes de Oliveira não resistiu ao ferimento e morreu na tarde de quinta-feira (25). O sepultamento será em Poxoréo, nesta sexta-feira (26).

A médica, Jaqueline Matos da Croce, de 31 anos, está grávida de cinco meses e foi atingida no abdômen. O estado de saúde dela é considerado estável, segundo a Prefeitura. Ela está na UTI.

Veja a nota

Um homem com indícios de surto psicótico feriu com uma faca uma médica e uma agente comunitária de saúde na unidade de Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro São José. O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (25).

A Secretaria Municipal de Saúde de Primavera do Leste lamenta e repudia a agressão sofrida pelas profissionais, que estão recebendo toda assistência necessária. O estado de saúde de ambas é grave.

O agressor foi capturado pela polícia, que deve seguir com as investigações. A prefeitura já estuda ações efetivas para dar mais segurança a estes profissionais.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90