Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
17/08/2022 às 09h15min - Atualizada em 17/08/2022 às 09h15min

Idoso com transtorno de acumulação é encontrado morto em meio ao lixo em sua residência

Os acumuladores compulsivos são pessoas que possuem transtorno de acumulação e que apresentam uma grande dificuldade para se separar de seus pertences, independentemente do seu real valor.

Repórter MT
Imagem: reprodução
Thaís Bemfica/Repórter MT

Um idoso foi encontrado morto em um barraco de madeira, cercado por lixo, na manhã desta terça-feira (16), no bairro Altos da Serra II, em Cuiabá. O corpo da vítima não apresentava nenhuma lesão aparente que pudesse ser identificada como causa da morte. 

A vítima foi não tinha documentos pessoais que pudessem ajudar a identificá-la, mas segundo populares, o homem teria 85 anos e morava no local há aproximadamente 23 anos. Ele era frequentemente visto na região recebendo doações de alimentos dos moradores. 

Um idoso foi encontrado morto em um barraco de madeira, cercado por lixo, na manhã desta terça-feira (16), no bairro Altos da Serra II, em Cuiabá. O corpo da vítima não apresentava nenhuma lesão aparente que pudesse ser identificada como causa da morte. 

A vítima foi não tinha documentos pessoais que pudessem ajudar a identificá-la, mas segundo populares, o homem teria 85 anos e morava no local há aproximadamente 23 anos. Ele era frequentemente visto na região recebendo doações de alimentos dos moradores. 

Segundo a Polícia Civil, em análise prévia, não foi identificado nada que indicasse violência, e a probabilidade mais aceita é de que trata-se de morte natural. As informações são de que o idoso era natural de Sergipe e não possuí familiares em Cuiabá. 

A polícia expõe, ainda, que a vítima tinha perfil psicológico de acumulador, uma vez que o local em que estava era insalubre e impróprio para moradia e acumulava tanto restos de lixo, quanto sacolas e materiais recicláveis, além de roupas velhas.

A Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica) esteve no local e após perícia, o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

Ao Repórter MT, a perícia confirmou que a causa da morte foi natural e o corpo aguarda contato da família para enterro. 

A DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa) investiga o caso. 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90