18/07/2014 às 13h16min - Atualizada em 18/07/2014 às 13h16min

Amigo diz que confundiu jornalista com uma onça em disparo acidental. Ele apareceu e prestou depoimento

Agência da Notícia
Agência da Notícia

Joaquim Jorge de Melo, 58 anos, mais conhecido como “Magaiver” se apresentou a Polícia Civil de Alto Boa Vista na tarde desta quarta-feira, (16), onde prestou depoimento ao delegado responsável pelo caso Dr. Rogério.

Conforme informações repassadas Site Agência da Notícia, “Magaiver” se apresentou à polícia e prestou todos esclarecimentos perguntados pelo delegado Rogério, muito emocionado “Magaiver” contou que jamais teria atirado contra o amigo e que teria confundido o jornalista com uma onça.

“Entramos na mata no intuito de fazer uma seva para porcos selvagens, ao entrarmos na mata nos separamos, foi quando ouvi um barulho em uma árvore por medo atirei em direção ao barulho, ainda gritei para Kalixto vim ver pois eu tinha matado uma onça” contou Joaquim em lagrimas a polícia.

Ao perceber que tinha atirado em Kalixto o rapaz saiu correndo em direção do irmão do jornalista contando o que havia ocorrido, muito deseperado o homem fugiu temendo ser reso pelo crime.

Segundo a Polícia todos dos depoimentos dados por “Magaiver” batem com as pistas colhidas pela polícia, nos próximos dias o irmão de Kalixto deverá ser ouvido.

O caso segue sendo investigado mais pessoas ainda serão ouvidas. “Magaiver” está solto até que o caso seja solucionado.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%