29/11/2011 às 11h14min - Atualizada em 29/11/2011 às 11h14min

Secretário busca soluções para acabar com assaltos a bancos em MT

Secom-MT
Assessoria

O secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Diógenes Curado Filho, se reuniu nesta terça-feira (29.11) como o presidente do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb-MT), Arilson da Silva, para discutir medidas de segurança para conter a onda de ataques a bancos, especialmente neste fim de ano, quando o fluxo de retirada de dinheiro aumenta nas agências.

Segundo o presidente do Sindicato, Arilson da Silva, nessa época do ano, com o pagamento do 13º salário e o aumento de vendas no comércio, a circulação de dinheiro aumenta nas agências bancárias e caixas eletrônicos. De acordo com Arilson a meta do sindicato é intensificar a presença policial próximo à agências bancárias e caixas eletrônicos além de aumentar a sensação de segurança dos funcionários e clientes durante esse período.

Na oportunidade o presidente do Sindicato apresentou um levantamento que aponta os principais locais que já foram alvos de assaltos. “Apresentamos 44 pontos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Denise, Poconé, Campo Novo, Acorizal, Livramento e Cáceres”, falou.

Arilson destacou também que a segurança pública tem agido para combater essa prática criminosa. “Percebemos a presença de mais homens nas regiões bancárias, a realização de algumas operações e também a prisão de membros de quadrilhas e a integração de informações entre as instituições de segurança”, avaliou.

O secretário de Estado de Segurança Pública disse que o planejamento para o final de ano já está sendo elaborado e garantiu a presença de policiais próximo de agências bancárias e áreas comerciais. “Estamos finalizando nosso planejamento que está sendo elaborado visando locais com grande movimentação de recursos”, afirmou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.4%
17.2%
77.2%