01/07/2022 às 15h42min - Atualizada em 01/07/2022 às 15h42min

Homem que matou empresário português no Araguaia também tinha mandado de prisão por estupro de vulnerável

Ele foi preso numa ação conjunta da Civil Nova Xavantina, Água Boa

Araguaia Notícia
Araguaia Notícia com PJC-MT

A Polícia Civil de Nova Xavantina e Campinápolis, com apoio do NI de Água Boa e da Polícia Civil de Novo São Joaquim, realizou a prisão do autor dos disparos de arma de fogo, José Fernando, vulgo 'Formigão', que vitimou o empresário de origem portuguesa, Jonson Almeida dos Santos conhecido como Português, ocorrido no início da tarde de terça-feira (28.02).

O crime chocou a cidade de Nova Xavantina-MT, onde por motivos banais (desacordo comercial), o acusado Formigão acabou efetuando dois disparos de arma de fogo contra a vítima Jonson, atingindo-o na região abdominal e ainda havia tentado contra a vida de Rosiane (companheira) de Jonson, porém a arma teria falhado.

Diante da gravidade da situação, os Policiais Civis de Nova Xavantina não mediram esforços no sentido de dar uma resposta à sociedade, onde numa ação integrada que contou com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Água Boa, dos Policiais Civis de Campinápolis e de Novo São Joaquim, sob a coordenação do Delegado de Polícia Raphael Diniz Garcia, obtiveram êxito em localizar e prender o suspeito na manhã de quinta-feira (30), que estava escondido na cidade de Novo São Joaquim.  

 A arma do crime, uma pistola 7.65, foi apreendida em uma residência na cidade de Nova Xavantina na mesma data da prisão, e ainda estava municiada, o proprietário da casa foi preso em flagrante pelo crime previsto no artigo 12 da lei 10.826/2003, (posse ilegal de arma de fogo).

O acusado estava escondido numa residência localizada no Bairro Boa Esperança, sendo preso e conduzido até Nova Xavantina e autuado ainda em flagrante pelo Delegado de Polícia que determinou os procedimentos de praxe, tais como interrogatório, exame de corpo de delito e posteriormente encaminhamento à audiência de custódia.
 
Após checarem o nome do Suspeito, os investigadores obtiveram a informação de que o mesmo encontrava-se com mandado de prisão em aberto pelo crime de Estupro de vulnerável expedido no dia 12/05/2022, pela comarca de Novo São Joaquim.

O suspeito foi autuado pelo crime de Homicídio Qualificado e Tentativa de Homicídio qualificado, sendo lavrado auto de prisão em flagrante, além de ter cumprido um mandado de prisão em seu desfavor, o qual será colocado à disposição da Justiça.

Clique aqui para entrar no grupo Araguaia Notícia do WhatsApp

Clique aqui para entrar no grupo Araguaia Notícia do Telegram 
 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »