26/05/2022 às 12h56min - Atualizada em 26/05/2022 às 12h56min

Dona de creche do Araguaia fazia criança engolir o próprio vômito

Gazeta Digital
ARAGUAIA NOTÍCIA

Uma das denúncias feita contra a dona de uma creche localizada em Canarana, (823 km ao Leste de Cuiabá), conta que a mulher fazia uma das crianças que tinha refluxo engolir o próprio vômito. O caso está sob segredo de justiça.

 

Outras denúncias relatadas apontam que a suspeita deixava algumas crianças sem alimentação como castigo, por chorar demais. Ainda segundo informações, a dona do estabelecimento agredia as crianças com tapas, chineladas (na cabeça, nas pernas e até no rosto), e puxões de orelha.

 

A mulher foi presa na última segunda-feira (23) em uma residência na zona rural do município após o Ministério Público expedir mandado de prisão preventiva. Ela foi indiciada por tortura no inquerito policial.

 

As investigações da Polícia Civil iniciaram após denúncia feita por funcionárias do berçário e pela mãe de uma bebê de oito meses que ficava no estabelecimento. Após troca de informações, a mãe e as cuidadoras (menores de idade) decidiram fazer o boletim de ocorrência contra a proprietária.

 

Durante as investigações, foram colhidos vídeos da suspeita praticando as agressões contra as crianças feitas pelas funcionárias, além de fotos e relatos de sinais de agressões nas crianças, ocorridos em diversos períodos.
 

Com base nos elementos colhidos, o delegado Deuel Paixão de Santana encaminhou o relatório final foi encaminhado ao Ministério Público com indiciamento da suspeita.


Notícias Relacionadas »
Comentários »