25/05/2022 às 06h24min - Atualizada em 25/05/2022 às 06h24min

Jovem de MT é reencontrado após 11 dias após retornar da França e desaparecer no aeroporto de SP

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
O pai do jovem cuiabano João Victor dos Santos Morais, de 19 anos, Jari Morais, disse que o filho teve uma crise de ansiedade assim que desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, devido à demora do voo de conexão para o Aeroporto Marechal Rondon, na região metropolitana de Cuiabá, onde seria seu destino final.

O jovem estava desaparecido há mais de 10 dias, desde que saiu da França com destino a Cuiabá, em Mato Grosso, e parou para um voo de conexão em SP. Ele foi encontrado e acolhido por um morador de Suzano, na Grande São Paulo. Segundo o pai, ele chegou no aeroporto às 5h05 e o voo de conexão para Cuiabá só sairia às 16h.

"Ele disse que pensou em pegar um meio para chegar mais rápido a Cuiabá. Esse tempo de espera deu uma aflição nele. Então, pegou um ônibus numa rodovia, mas sem destino. Quando ele se deu conta, foi caminhando a pé e viu que estava perdido", contou. Ele disse que o garoto relatou que sofreu muito durante os dias em que ficou perdido.

"Ele nos disse que andou muito, que passou fome e frio. Contou que dormiu em praça pública, viaduto e ponto de ônibus, e que não sabia realmente onde estava", disse. Segundo Jari, o garoto disse que ficou perdido por causa da ansiedade que atacou. "Encontramos ele bastante debilitado, muito fraco. Passou dias sem comer e sem dormir direito. Vimos que ele está atordoado pelos dias sem comer".

Apesar do susto, o pai afirmou que o filho aparenta estar bem. "Ele responde bem a todas as perguntas, e explicou para nós o que aconteceu", disse. João Vitor foi encaminhado ao hospital para exames de rotina assim que foi encontrado pela família.

Celular descarregado

O motorista de caminhão Paulo José de Santana, morador de Suzano, foi quem encontrou João Victor sentado em um ponto de ônibus às margens de uma rodovia. Logo, o homem percebeu que se tratava do jovem de Cuiabá que estava desaparecido.

Ao levar João Victor para casa ele contou que perguntou sobre o celular do garoto e o jovem disse que o celular estava descarregado, dentro da bolsa e que não conseguiu parar para carregar. "Ele é bem tímido, me disse que não quis parar em nenhum lugar", contou.

Reencontro

Nesta terça, o rapaz conseguiu avisar os pais do jovem sobre o paradeiro dele e marcaram o reencontro. "Meu filho! Como você está? Você comeu? O rapaz te acolheu? Suas coisas ainda estão na mala? Você andou bastante no sol? Seu nariz está 'peladinho'. Você passou frio?", perguntou a mãe ao abraçá-lo. Ela e Jari estavam rodando na comunidade próxima ao aeroporto há dias em busca do garoto. Eles espalharam cartazes em vários postes e pediram ajuda às igrejas evangélicas para localizar o filho.

Entenda o caso

João e a mãe moram em Paris, na França, há seis anos, desde que ela se separou de Jari. Antes disso, eles moravam em Cuiabá. Com a aproximação das férias, ela e o filho planejaram uma viagem para que ele pudesse ver o pai. Segundo a mãe, João estava ansioso para reencontrar o pai e ver o sol do Brasil novamente.

O combinado seria que ele iria sozinho até São Paulo, e que no voo de conexão ele esperaria pela amiga da mãe que o auxiliaria no embarque. A mãe contou que o filho nunca tinha viajado de avião sozinho antes. No entanto, o jovem e a conhecida da família não chegaram a se encontrar, pois João acreditou que tivesse chegado em Cuiabá, segundo os pais. Por isso, ele pegou a mala e saiu do aeroporto rumo à cidade, onde acabou se perdendo.

A amiga da mãe fez boletim de ocorrência e o pai dele também. Ao saber do sumiço, a mãe viajou da França para o Brasil antes do programado e trouxe consigo algumas peças de roupa para ajudar os cães farejadores da polícia durante as buscas por ele. Nesta terça-feira (24), João foi encontrado em Suzano e a família foi avisada. De imediato, eles se reencontraram, emocionados.
Notícias Relacionadas »
Comentários »