13/05/2022 às 12h06min - Atualizada em 13/05/2022 às 12h06min

Cabo da PM agride e ameaça matar a esposa, que é tenente em MT

Araguaia Notícia com Gazeta Digital

Cabo da Polícia Militar de 33 anos foi preso em flagrante após agredir e ameaçar a esposa, que é tenente da PM, no apartamento em que a família mora, no bairro Santa Marta, em Cuiabá, O caso foi registrado na madrugada desta sexta-feira (13) e a vítima narrou que levou socos, chutes, cabeçada e que ficou com uma arma de fogo apontada para a sua cabeça.

O agressor foi preso no estacionamento do prédio e chegou na Delegacia da Mulher sem algemas. Equipes da PM foram acionadas para a ocorrência por volta das 2h30. Quando eles chegaram, descobriram que a vítima era uma tenente da PM e que o marido dela, cabo da corporação, já estava no estacionamento indo embora da casa.

Ele foi abordado e recebeu voz de prisão no local, sendo encontrado com duas pistolas taurus e diversas munições. Ela narrou que já tinha discutido com o marido por WhatsApp no decorrer da noite anterior, e que o agressor chegou em casa bêbado na madrugada.

NOITE DE HORROR

Como já vivenciava situações de violência doméstica, ela sabia o que poderia acontecer. Então, ela se trancou em um dos quartos.

Mas o agressor desferiu socos, querendo entrar, ameaçando quebrar a porta. O crime aconteceu com os filhos da vítima dentro da casa.

Ao abrir a porta, foi surpreendida com soco no peito, foi empurrada e recebeu tapas no braço, causando hematomas. Depois, ela foi empurrada na cama, onde foi xingada e recebeu mais tapas e socos.

A vítima tentou reagir, chutando o homem. Nesse momento, ela tentou acionar a PM – ao menos 4 vezes ao longo das agressões – mas foi impedida. Na quinta vez, ela ligou 190 e pediu ajuda e foi enforcada na sequência.

Agressor até prometeu ir embora, mas queria levar junto uma pistola que ela tinha comprado. A tenente se negou a dar a arma para ele, o deixando ainda mais exaltado. Nesse momento, ela conta que teve seu pescoço pressionado, sendo enforcada e que ele sacou uma arma e colocou na sua cabeça, ameaçando atirar.

A madrugada de horror contou ainda com uma cabeçada do agressor contra a face dela e uma mordida em seu braço. Um dos filhos da vítima acordou, flagrou a situação e ela pediu para ele se trancar no quarto. Ao perceber que o adolescente tinha flagrado a briga, o agressor largou a mulher e ela foi pro quarto esperar a polícia.

Diante do flagrante, ele foi encaminhado à Delegacia da Mulher, onde chegou sem algemas. Vítima também foi levada para a unidade. Batalhão onde o cabo é lotado foi informado e está tomando as providências. As armas foram apreendidas.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%