04/07/2014 às 08h05min - Atualizada em 04/07/2014 às 08h05min

Suspeitos de furto de gado no Araguaia são detidos em operação da Polícia Civil

Ronaldo Couto
Diário News

Quatro suspeitos de furtar gado na região de Barra do Garças foram presos pela Polícia Civil durante operação de combate a comercialização e abate clandestino de bovinos durante operação da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) na quinta-feira (3). Entre os detidos, está o acusado Nilson Araújo, 50 anos, que anteriormente já havia sido detido pela mesma situação em Aragarças-GO. 

Ainda foram detidos: Walison Santos Ribeiro, 19 anos; Rudnei Azevedo Rezende, 23 anos; e Edson Lázaro Malaquias Rocha, 22 anos que foram levados a delegacia e depois encaminhados a cadeia pública. O grupo é suspeito de ter furtado em torno de cem cabeças de gado na região do Araguaia.

De acordo com o delegado Joaquim Leitão, a Polícia Civil promoveu uma investigação por alguns meses de que os suspeitos estariam furtando ou adquirindo gado furtado para comercialização ou abate em fazendas e chácaras da região de Barra do Garças.

Baseados nos fatos investigados, a Polícia Civil pediu a prisão dos suspeitos que foi decretada pela comarca judiciária de Barra do Garças nesta semana.

“Nós já estávamos monitorando esse grupo e depois da prisão de Nilson em Aragarças conseguimos reunir mais evidências contra os suspeitos”, comentou o delegado.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%