11/05/2022 às 07h42min - Atualizada em 11/05/2022 às 07h42min

Músico baleado em Barra do Garças recebe alta e precisa de ajuda para cirurgias

ARAGUAIA NOTÍCIA
O músico e MC John Vitor de 30 anos de idade que foi baleado na cidade de Barra do Garças (MT) recebeu alta do hospital. Ele já está com os cuidados da família, mas não foi informado em qual lugar que ele se encontra no momento. O motivo para a preservação de sua segurança e de sua família, pois ele foi vítima de uma tentativa de homicídio, que ainda segue sob investigação. John Vitor foi baleado no dia 26 de abril, quando estava em casa com a esposa. Ele foi surpreendido por elementos que estavam numa moto, quando um deles desceu, adentrou a casa do músico e efetuou aproximadamente cinco disparos. Graças a Deus ele sobreviveu e já está em recuperação.

Por iniciativa de amigos e familiares começou no sábado (30/4) uma vaquinha virtual na internet para ajudar o MC. As pessoas que conhecem e querem ajudá-lo pode entrar na vaquinha virtual com a chave do PIX [email protected]

A família está levantando recursos para fazer as cirurgias de braço e da sobrancelha. Ele chegou a ficar com projéteis alojados acima da sombrancelha e no braço. Além disso, John vai precisar de material ortopédico caro, e a cirurgia deve ser realizada pelos dois médicos que iniciaram o tratamento dele.

“Nos deram a opção de tirar o John Victor para Goiânia ou Cuiabá, mas nós optamos em manter o tratamento dele aqui na Barra porque os dois médicos que atenderam ele inicialmente demonstraram muita competência e vamos fazer as cirurgias se Deus quiser por aqui. Falta definir a questão da cirurgia do braço, e pra tanto, estamos esperando uma posição do ortopedista do Pronto Socorro se tem como fazer aqui ou não”, completou Karollyne, que é esposa de John Victor.

A esposa disse que no momento a família e amigos estão concentrados na recuperação do MC e com relação a tentativa de homicídio contra ele, a família prefere deixar essa investigação com a polícia. Sobre alguns comentários que saíram distorcidos, Karollyne disse que ainda falar sobre esse assunto no momento oportuno, mas fez questão de frisar que esposo não devia pra ninguém, não tem inimigos e não teve nenhum envolvimento com facção. 

Ela explicou, que tanto ela e o esposo, trabalhavam com banca eletrônica de aposta de jogos, mas a direção ficava em São Paulo e que o casal não tinha controle sobre o negócio. Porém nos últimos dias, John Victor começou a receber mensagens de algumas pessoas pedindo colaboração para um projeto social e marido respondeu que era apenas gerente na Barra, mas que a direção do negócio ficava em São Paulo. Numa das mensagens, a pessoa chegou a dizer que se não tivesse a colaboração, não daria mais pra eles continuarem com a banca aqui na Barra.

Sobre os comentários de que tentaram invadir o Pronto Socorro para pegar o esposo já baleado, Karollyne disse que todos ficaram apreensivos com isso, mas graças a Deus, ficou apenas nos comentários na rede social. Ela insistiu, que neste momento, o mais importante pra família, são as orações e as palavras de incentivo de amigos pedindo a Deus pela recuperação do MC John Victor.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%