13/04/2011 às 14h10min - Atualizada em 13/04/2011 às 14h10min

Faculdade Cathedral é vendida em negócio milionário

A instituição tem sede em Barra do Garças e Água Boa

Olhar Direto
Ilustração O contrato de venda já foi elaborado pelas partes envolvidas e está sendo apreciado pelos órgãos competentes, inclusive o MEC

A Faculdade Cathedral de Barra do Garças está sendo vendida para o Grupo Saggin de Educação. A negociação de milhões vinha sendo mantida em sigilo absoluto para não atrapalhar, entretanto, os grupos já elaboraram o contrato de venda e estão definindo o plano de transferência de uma das maiores instituições de ensino privado do interior de Mato Grosso.

Criada em 2001, a Faculdade Cathedral herdou o curso de Direito implantado na cidade pela Unicem, que se dissolveu em Mato Grosso após criar o curso de bacharelado em seis cidades de Mato Grosso. A Cathedral pertence ao professor Haroldo de Campos e outros sócios. Procurado pela reportagem do Olhar Direto, o advogado Sandro Saggin confirmou verbalmente a negociação, entretanto preferiu não dar detalhes até mesmo para cumprir uma das cláusulas contratuais.

O contrato de venda já está pronto aguardando apenas a volta do professor Haroldo que está na Venezuela, onde tem uma empresa, para assiná-lo e anunciar oficialmente o acordo. A Cathedral tem um dos maiores prédios de ensino de Barra com 1.300 alunos. O forte da instituição é o curso de Direito.

Vale destacar que o Grupo Saggin tem outros acionistas nessa nova missão a frente da Cathedral. O desafio deste grupo é reformular a faculdade criando mais cursos para conter o crescimento da rival, a Univar. Nos últimos anos, a Univar investiu em vários cursos, principalmente na área da saúde com destaque para Zootecnia, Veterinária e Enfermagem. A Univar tem hoje 2.600 alunos.

O diretor atual Cathedral, professor José Nogueira, que deve se aposentar, deve ser convidado para permanecer como assessor da instituição cujo nome para cotado para assumi-la o próprio advogado Sandro Saggin. Nos bastidores, comenta-se que o negócio está fechado em torno de R$ 5 milhões. Por força de contrato, a informação é que o valor não pode ser revelado.

A cidade de Barra do Garças expandiu muito nos últimos anos na área da Educação. Além da Cathedral e Univar, a cidade tem as universidades semi-presenciais Unopar e Anhanguera. E dois campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Barra e Pontal, com 16 cursos e mais 2.500 alunos.

A cidade de Barra oferece sete mil vagas hoje entre as instituições, fato que consolida o município como pólo educacional do Araguaia.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.9%
17.6%
76.5%