Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
17/03/2022 às 16h51min - Atualizada em 17/03/2022 às 16h51min

Secretaria de Saúde alerta população de Barra do Garças para crescimento de notificações de casos de dengue

A equipe de controle de endemias está intensificando a fiscalização dos possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti

Araguaia Notícia
Araguaia Notícia com informações da SECOM-BG

Somente nestes três primeiros meses de 2022, Barra do Garças já soma 520 casos notificados de dengue e atualmente se encontra na classificação de alto risco de incidência, conforme o relatório do Monitoramento Regional de Arboviroses Urbanas da Secretaria Municipal de Saúde e o Escritório Regional de Saúde. 

O documento apresenta dados sobre os oito municípios da região Garças e Araguaia, destes: Barra do Garças; Pontal do Araguaia; Novo São Joaquim, Araguaiana e Torixoréu  se encontram na classificação de alto risco de incidência de casos de dengue.

Os números acendem um alerta para os cuidados básicos visando evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypt (transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya). Neste momento é de suma importância que toda população una esforços para combater os focos de água parada, uma vez que não só Barra do Garças mas também os municípios circunvizinhos estão em alerta para o risco de uma endemia.

A Secretaria Municipal de Saúde intensificou a fiscalização e a equipe da Vigilância em Saúde Ambiental, com cerca de 58 agentes de controle de endemias tem vistoriado casas, escolas, prédios comerciais e construções com acúmulos de lixo, entulhos e recipientes que acumulam água parada e orientando os proprietários para efetuar a limpeza desses locais.

Caso haja notificação de dengue, a equipe de Zoonoses pode efetuar o ‘bloqueio mecânico’ e o ‘bloqueio químico', no perímetro de nove quadras, para monitorar todas as residências da área, visando identificar o foco de proliferação dos mosquitos evitando novas transmissões da doença, além disso também pode ser realizado a dedetização com o “fumacê” para eliminar o mosquito na fase adulta. 

No caso de lotes e terrenos baldios a Secretaria Municipal de Meio Ambiente também tem notificado os proprietários e em alguns casos tem feito a limpeza desses locais a fim de evitar a proliferação não só do mosquito da dengue mas também de outros animais e insetos transmissores de doenças.

É de suma importância que a população mantenha lotes e quintais sempre limpos, e descarte lixos e demais resíduos de forma correta, evitando o acúmulo de água parada, especialmente durante o período chuvoso.

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »