Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
17/06/2014 às 15h05min - Atualizada em 17/06/2014 às 15h05min

Roberto Farias volta ao cargo de prefeito de Barra do Garças

Assessoria
assessoria

O ministro o TSE João Otávio Noronha, deferiu liminar na noite desta segunda-feira (16) determinando o retorno imediato de Roberto Farias (PSD) e Mauro Gomes Piauí (PT), aos cargos de prefeito e vice-prefeito de Barra do Garças. A decisão suspendeu os efeitos do acórdão proferido pelo Pleno do TRE/MT que havia cassado o mandato do social-democrata há uma semana (09/06).
Com a decisão Beto farias volta à prefeitura com o apoio popular, desde o final da tarde a população lotou a Rua Mato Grosso e o plenário da câmara Municipal exigindo o seu retorno. O protesto ocorreu durante a Sessão Ordinária e a notícia da liminar chegou aos manifestantes por volta de 21h10 que receberam a notícia com uma grande festa. Após tomar conhecimento da decisão Beto foi até a Câmara Municipal seguindo até a Praça dos Garimpeiros na Região central da cidade, palco de outra grande manifestação realizada na última quarta-feira (11/06).
Bastante emocionado o prefeito de Barra do Garças agradeceu o apoio recebido, “Em primeiro lugar agradeço a Deus, e depois a toda a população que com as demonstrações de carinho nos deu força para seguir nesta luta e hoje estamos felizes e com o ânimo renovado para continuar mudando a história de Barra do Garças”. Na manhã de terça-feira (17/06) Beto concederá uma entrevista coletiva e na sequência reassumirá o executivo municipal ao lado do vice-prefeito Dr. Mauro Piauí.

Veja a Decisão que devolveu o mandato a Roberto Farias

Os autos foram a mim redistribuídos em 12/6/2014.
É o relatório. Decido.
A concessão da liminar requisita a presença conjugada da plausibilidade do direito invocado e do periculum in mora, o qual se traduz na ineficácia da decisão se concedida somente no julgamento definitivo da ação.
Na espécie, em juízo perfunctório, vislumbro o preenchimento desses requisitos.
De início, ressalte-se que, em princípio, a revogação da liminar concedida com fundamento no art. 26-C da LC 64/90 - para suspender a inelegibilidade a que se referem as alíneas d, e, h, j, l e n do inciso I do art. 1º da referida Lei - implica a imediata desconstitução dos diplomas outorgados. Confira-se a redação do dispositivo:
Art. 26-C. O órgão colegiado do tribunal ao qual couber a apreciação do recurso contra as decisões colegiadas a que se referem as alíneas
d, e, h, j, l e n do inciso I do art. 1º poderá, em caráter cautelar, suspender a inelegibilidade sempre que existir plausibilidade da pretensão recursal e desde que a providência tenha sido expressamente requerida, sob pena de preclusão, por ocasião da interposição do recurso.
[...]
§ 2º Mantida a condenação de que derivou a inelegibilidade ou revogada a suspensão liminar mencionada no caput, serão desconstituídos o registro ou o diploma eventualmente concedidos ao recorrente.

No entanto, é incontroverso que, na presente hipótese, o impetrante Roberto Ângelo de Farias fora condenado nos autos do RO 4064-92/MT pela prática de uso indevido dos meios de comunicação social, ilícito que não se enquadra em nenhuma das mencionadas alíneas.
Consequentemente, em juízo perfunctório, a desconstituição dos diplomas dos impetrantes com base no art. 26-C da LC 64/90 afigura-se equivocada.
Ante o exposto, defiro a liminar para suspender os efeitos do acórdão proferido pelo TRE/MT na Pet 36-42/MT, determinando-se o imediato retorno dos impetrantes aos cargos de prefeito e vice-prefeito do Município de Barra do Garças/MT até o julgamento de mérito do presente mandado de segurança.
Comunique-se, com urgência, ao TRE/MT.
Citem-se os litisconsortes passivos. Notifique-se a autoridade impetrada para que, no prazo legal, preste informações.
P.I.
Brasília (DF), 16 de junho de 2014.
MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA
Relator
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90