Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
10/03/2022 às 07h20min - Atualizada em 10/03/2022 às 07h20min

Funcionário aposentado do Banco do Brasil morre em Barra do Garças; amigos e familiares prestam homenagem a ele

Edenilton atuava como coach evangelista e era casado com a missionária Idelma

Araguaia Notícia
É com pesar que informamos que está sendo realizado na quinta-feira (10/3) o velório do funcionário aposentado do Banco do Brasil e coach evangelista Edenilton Messias de Souza, 58 anos, esposo da missionária Idelma Machado Coutinho, da igreja Assembleia de Deus ministério Madureira em Barra do Garças.
 
Edenilton faleceu devido a complicações da saúde. No comunicado da família explica que o corpo chegou de madrugada e está sendo velado na Assembleia de Deus da avenida Gabriel Ferreira esquina com 31 de março no Bairro Santo Antônio na cidade de Barra do Garças, no leste de Mato Grosso.
 
A cerimônia do culto fúnebre será transmitida on-line pelo Instagram @prmarosam às 13h. Depois o corpo seguirá para ser sepultado às 14h no cemitério Parque dos Ipês. Agradecemos antecipadamente a presença de todos. Sua esposa, filhos, netas e outros familiares.
 
Ainda na internet, a missionária Idelma fez uma linda mensagem de amor e agradecimento a Deus pela vida de Edenilton que vale a pena a gente ler e entender que o amor de Deus é sublime e mesmo nos momentos dolorosos que passávamos devemos em tudo dar graças.
 
Acompanhe:

Querido Edenilton você se foi desse mundo, sua existência não está mais estacionada nesse tempo. Meu coração está apertado, o sentimento de perda me causa dor, tristeza e saudade.

Você escolheu viver os seus últimos dias, mesmo tão vulnerável, nos apontando que, ainda que o corpo esteja limitado pelos gemidos e suor, um bom jeito de manter a alma livre é deixando em qualquer circunstância o coração aberto para ser banhado pelo amor. E que ao ferver dentro de nós, o amor seja capaz de eliminar as ignorâncias que criam barreiras e nos fazem desperdiçar o tempo junto às pessoas onde fluem as energias que sustentam as dimensões mais profundas do nosso coração e de todo o nosso ser.

Guardarei a memória do bom homem que foi, dos espaços que conquistou dentro de nós, todas as vezes que se doou para que, tanto eu quanto os seus filhos, noras, netas, familiares e amigos tivéssemos dias melhores e mais alegres.

Edenilton, seus olhos viram Deus encarnado, quanto o sofrimento se fez presente. Ele chegou vestido de humanos gentis, misericordiosos, compassivos, aquele tipo de gente que concede abraços e acolhimentos, trazendo alívio, afofando o leito e relembrando ao seu coração o quanto era um homem amado.

Esses homens e mulheres sentiam a sua dor, resultado de suas relações com a graça. Cada um era convocado a usar seus talentos para aliviar a sua bagagem. Revelavam a grandeza dos que sabem ser irmãos nos momentos mais delicados e dolorosos da vida, no amparo te fizeram um homem melhor, para viver a própria história.

Nossos últimos dias foram intensos. Eu o vi reunir fiapos de forças para conseguir falar, tivemos conversas profundas, rimos de nós mesmos, dançamos como dois apaixonados, até que os nossos olhos mergulhados em um mar de silêncio nos contavam sem palavras, o quanto éramos um do outro.

Meus olhos viram seu coração se lançar ao amor, se tornar rio de vida, casa iluminada, para onde queríamos regressar. Bem sei que a morte com todo o seu requinte de crueldade e constrangimento, não carrega a sentença final. A morte não é o fim!

A esperança da ressurreição me faz compreender que vivemos juntos o tempo possível, o que agora se mostra como morte para nós foi o seu portal para o encontro com a vida eterna. Até logo, meu amor!

Essa é a vitória que tanto almejamos, o encontro com a vida sagrada junto a Cristo. Meu amor, Deus o acolheu para si. Bendito seja o nome do Senhor!
 
Descanse em paz Edenilton.
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »