28/02/2022 às 15h45min - Atualizada em 28/02/2022 às 15h45min

Mulher mata marido com cerca de 10 facadas após ele ameaçar enteada grávida

A adolescente disse que Antônio sempre espancava a mãe dela e fazia ameaças de morte

Agora MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
Um homem identificado como Antônio Celso de Lima, 48 anos, morreu após ser esfaqueado em uma casa, no bairro Vila Operária, em Aripuanã (MT), neste domingo (27). Conforme informações, a autora do crime é a esposa de Antônio que tem 31 anos. O motivo do assassinato teria sido porque o homem disse que ia matar a enteada de 17 anos que está grávida. A suspeita fugiu do local.

Após o crime, a adolescente acionou a Polícia Militar (PM). Quando a guarnição chegou no local encontrou a vítima caída na varanda, com cerca de 10 perfurações de arma branca nas regiões do abdômen e tórax. Ao lado do corpo, estava uma faca suja de sangue.

De acordo com a Polícia Civil (PC), a menina contou que a mãe dela matou Antônio, porque ele ameaçava toda a família de morte.

Ainda conforme depoimento da garota, antes do crime o casal estava consumindo bebida alcoólica e discutiram muito. Ainda conforme o relato da menina aos policiais, durante a madrugada, a mãe dela a acordou e disse que iria matar Antônio, pois ele havia feito ameaças dizendo que mataria a adolescente e o neném que ela carrega na barriga. A menina disse que escutou um barulho e que, ao se levantar assustada, encontrou a mãe esfaqueando o padrasto.

Em seguida, a mulher pediu para a filha chamar a Polícia e afirmou que iria se apresentar na delegacia com um advogado para responder pelo crime cometido.

A adolescente disse que Antônio sempre espancava a mãe dela e fazia ameaças de morte.

A Polícia apreendeu a possível faca utilizada no crime e dois celulares.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.
Notícias Relacionadas »
Comentários »