27/02/2022 às 08h27min - Atualizada em 27/02/2022 às 08h27min

Quatorze motoristas foram autuados na operação Lei Seca em Barra do Garças e região

A operação começou na sexta-feira e se estendeu durante o final de semana

Araguaia Notícia
Na noite de sexta-feira (25/2), Operação Lei Seca teve início na região de Barra do Garças com aplicação entre sexta e sábado de cerca de 50 testes de alcoolemia, doze veículos foram removidos e um total de 14 motoristas foram autuados.

Participaram desta ação da Polícia Militar (PM) o Gabinete de Gestão Integrada da SESP, BPTran, Deletran e Detran, que vieram de Cuiabá, e de Barra do Garças a PM através do 5° CR, 2° BPM, Força Tática e Grupo CAR, bem como a Polícia Civil e a CIRETRAN.


Na sexta-feira (25/2), o 5º Comando Regional recebeu em Barra do Garças-MT (509km de Cuiabá), representantes de todas as instituições que integram a operação Lei Seca no estado de Mato Grosso. A Maj PM Monalisa Furlan Toledo, coordenadora do Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Segurança Pública, ressaltou a importância do trabalho desempenhado pelas intituições na Operação Lei Seca, não apenas na fiscalização dos motoristas, mas também na educação e consientização dos condutores sobre os perigos de conduzir veículos sob efeito de álcool, além das consequências que tal ato pode trazer.

O 1° Ten PM Alcides Mauro Dutra, oficial do BPMTran, ministrou instruções sobre a coordenação e realização da operação. Aproximadamente 80 (oitenta) agentes de segurança pública foram capacitados a executar os serviços necessários à Operação Lei Seca.

A operação que funciona numa parceria entre Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Detran, Polícia Penal e Agentes Municipais de Trânsito, deve ser contínua no município de Barra do Garças-MT, sendo realizada em dias e locais alternados.

Na oportunidade, o GGI realizou a entrega dos seguintes materiais

• 01 Notebook
• 02 Câmeras GOPRO Hero 9 Black
• 02 Mesas dobráveis
• 03 Barreiras sanfonadas
• 05 Barreiras plásticas
• 50 cones

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »