25/02/2022 às 09h19min - Atualizada em 25/02/2022 às 09h19min

Ladrões matam pai na frente de criança e levam perna mecânica em MT

Grupo cometeu assalto em janeiro deste ano em Nova Santa Helena

Araguaia Notícia
Folhamax 
ARAGUAIA NOTÍCIA 


Durante entrevista nas diligências do caso onde uma quadrilha extremamente perigosa foi desmontada agindo na região do Capão do Pequi, sendo que quatro bandidos foram mortos e outros quatro presos, a delegada da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf-VG), Elaine Fernandes, falou da violência e frieza dos bandidos na execução de outros crimes. Conforme a delegada, o irmão de uma das vítimas de um crime ocorrido em janeiro deste ano, no município de Nova Santa Helena, esteve na delegacia.

Ele reconheceu o faccionado preso, “vulgo Doidinho”, como sendo um dos autores da morte de seu irmão, que foi executado com crueldade. Na ocasião, roubaram várias armas, colocaram arma na boca de uma criança de quatro anos para ela parar de chorar.

Os criminosos ainda levaram até a perna mecânica para comprovar que havia matado a vítima. Os bandidos, que estavam a procura de ouro, fizeram um vídeo com as armas dentro do quarto da vítima.Playvolume00:04/01:00Truvid
Leia mais“Até para a gente que está acostumada a lidar com fatos e com técnica, fica chocada com tamanha violência e se pergunta se realmente se trata de um ser humano!”, desabafou a delegada ao falar sobre a brutalidade com que os criminosos agiram antes de matar a vítima.

O irmão da vítima reconheceu o "Doidinho" e também o “vulgo MK”, morto no confronto com a polícia, no bairro Altos da Serra II, em Cuiabá. “Eles entraram na casa, onde estava o esposo, a esposa e uma filha de quatro anos. Torturaram todos, bateram muito e levaram muita coisa da casa. O que mais me horrorizou, foi eles terem levado a perna mecânica da vítima para provar que haviam matado. Além da chacina, em José do Rio Claro, eles estão envolvidos também neste latrocínio em Nova Santa Helena”, contou a delegada.

Elaine ainda fez um desabafo. "A gente fica estarrecida com tanta violência. Torturar o pai na frente de uma criança de quatro anos e da esposa, arrancar a perna mecânicado pai, fazer todas estas atrocidades colocando uma arma na boca de uma criança de quatro anos. Não tem como não ficar estarrecida e perguntar se é humano”, questionou. 

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »