17/02/2022 às 23h25min - Atualizada em 17/02/2022 às 23h25min

Justiça mantém prisão de 'faccionados' que mataram comerciante no Araguaia

Araguaia Notícia
O Juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Nova Xavantina e o Juiz da Comarca de Barra do Garças expediram Mandado de Prisão em desfavor dos suspeitos do Homicídio que vitimou Paulo Henrique Lopes Vieira na manhã da última Segunda feira (14.02).

A Justiça entendeu que os indícios trazidos aos autos através do Relatório Policial e Auto de Prisão em flagrante seriam suficientes para a decretação da Prisão Preventiva dos Dois suspeitos até então presos, devido à gravidade da ação criminosa, bem como para assegurar a aplicação da Lei Penal.

A Polícia Civil realizou as investigações “in loco”, elucidando o fato, prendendo um autor ainda em flagrante delito no dia do crime poucas horas depois, dando uma resposta rápida à sociedade e auxiliando ainda na prisão do segundo suspeito na Cidade de Barra do Garças que foi pego numa ação integrada entre a Força Tática e PRF na noite do crime.

Ressalta-se que a ação criminosa tem indícios de participação de uma Organização Criminosa com atuação no Estado de Mato Grosso, onde poderá haver a prisão de mais suspeitos durante a conclusão do Inquérito Policial.
Notícias Relacionadas »
Comentários »