17/02/2022 às 11h22min - Atualizada em 17/02/2022 às 11h22min

Construção de rodovia em terra sagrada indígena é alvo de inquérito no MPF

Comunidades indígenas foram afetadas pela BR-080 em Mato Grosso.

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
A construção da BR-080 em municípios de Mato Grosso está sob investigação do Ministério Público Federal (MPF). Um inquérito foi aberto para apurar se o local sagrado Sõrepré, berço da cultura do povo Xavante, foi afetado pela construção da rodovia.

Segundo o MPF, a área foi identificada nos estudos ambientais e antropológicos realizados no interesse da rodovia, antes da construção da estrada que liga Brasília (DF) ao município de Ribeirão Cascalheira (MT), a 893 km de Cuiabá.

O MPF disse que atua no cumprimento dos direitos os povos indígenas e que busca apurar o efetivo cumprimento e consentimento livre em relação às comunidades indígenas afetadas pela BR-080.

A rodovia

A BR-080 é considerada uma nova via para o escoamento da produção da região do Araguaia, em Mato Grosso. A rodovia vai ligar o município de Ribeirão Cascalheira a Brasília. O trecho da rodovia no estado passa pelos municípios de Alô Brasil, Canabrava do Norte e São José do Xingu e tem 650 quilômetros de extensão.

O governo federal está construindo uma ponte de com 1.031 metros de extensão ligando o estado de Mato Grosso a Goiás, para favorecer o prolongamento da rodovia.
Notícias Relacionadas »
Comentários »