15/02/2022 às 10h22min - Atualizada em 15/02/2022 às 10h22min

Menino que morreu após queda de toboágua chegou a hospital em estado gravíssimo e com várias fraturas, diz médica

Criança caiu de aproximadamente 15 metros. Brinquedo estava interditado para manutenção.

G1 GO
ARAGUAIA NOTÍCIA
O menino Davi Lucas de Miranda, de 8 anos, que morreu após cair de um toboágua, chegou ao Hospital Municipal de Caldas Novas em estado gravíssimo e com várias fraturas pelo corpo, segundo a médica Amabia Lacerda, que atendeu a criança. Ele caiu de uma altura de aproximadamente 15 metros. O brinquedo aquático estava interditado para manutenção.

O acidente aconteceu no domingo (13). O menino estava com familiares no local. Mesmo com o brinquedo interditado, a criança conseguiu subir até o toboágua e descer. Após a queda, ele foi socorrido por funcionários do clube. O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) foram ao local e transferiram a vítima ao hospital.

“Ele chegou em estado gravíssimo, com muitos sangramentos, muitas fraturas e a equipe de quatro médicos já entrou imediatamente em ação para atender essa urgência e conseguiu estabilizar”, disse a médica.

Davi Lucas foi intubado e passou por uma drenagem no tórax. Após estabilizar o quadro de saúde do paciente, o Samu levou a criança até o aeroporto para que ele fosse transferido para outro hospital com mais estrutura.

Em nota, o Grupo DiRoma disse que a área em que ocorreu o acidente estava completamente fechada com tapume e devidamente sinalizada para reforma e melhorias. O clube disse ainda que o espaço é vistoriado e tem todos os alvarás e licenças necessários para funcionar. A administração disse está colaborando com as investigações e oferecendo suporte à família.

“Quando o Samu chegou ao aeroporto, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e teve que retornar [ao hospital], porque nesses casos é preciso estabilizar novamente a criança para que o transporte aéreo possa levar. Quando ela retornou, ela já estava sem vida”, completou a médica.

A Polícia Civil fez uma perícia no local. O delegado Ricardo Pereira informou que também vai ouvir testemunhas.
 Toboágua em que menino caiu e morreu em parque aquático de Caldas Novas — Foto: Reprodução/DiRoma

Toboágua em que menino caiu e morreu em parque aquático de Caldas Novas — Foto: Reprodução/DiRoma



O corpo de Davi Lucas foi levado para Minas Gerais, onde a família mora.

Perícia

A equipe de perícia criminal analisa o local dos fatos, incluindo os acessos, a sinalização, se há equipamentos de segurança instalados e funcionando, bem como a altura relativa entre o local da queda e o local de impacto da vítima.

Já a equipe de medicina legal realizou o exame cadavérico e se concentrou na análise dos vestígios detectados na própria vítima, como lesões, ferimentos e demais evidências que sirvam para a determinação da causa da morte e de todas as suas circunstâncias.
Notícias Relacionadas »
Comentários »