14/02/2022 às 22h47min - Atualizada em 14/02/2022 às 22h47min

Mulher surta e "quebra" clínica dentária após ganhar exame em MT

Dentista e gerente de clínica acionaram a PM

Letícia Kathucia / Folhamax 
ARAGUAIA NOTÍCIA


Uma mulher foi presa na manhã desta segunda-feira (14) depois de quebrar móveis e objetos de uma clínica dentária particular localizada no bairro Coophalis, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá). A mulher teve que ser conduzida a uma unidade de saúde após o surto.

Conforme o registro da ocorrência, a equipe da Policia Militar foi acionada com informações sobre mulher que estava surtando durante atendimento odontológico na clinica OralUnic.   

No local, os atendentes disseram que a mulher relatou fortes dores em seu dente. Diante disso, a vítima explicou para a mulher que ela teria que fazer uma tomografia computadorizada. A mulher disse que não tinha dinheiro para custear o procedimento. 

Não é obrigação de a clínica fazer procedimentos como esses gratuitos para pacientes. No entanto, o profissional que estava atendendo, abriu essa exceção e disse que o consultório custearia o exame da conduzida com "custo zero" para ela. 

No entanto, após ser informada sobre o beneficio, a mulher começou a desferir xingamentos ao dentista e a gerente do clínica. Nesse momento, foi feito contato com a PM.

Mesmo após a chegada da PM, a mulher continuou os escândalos batendo na mesa, jogando objetos contra a vítima, pegando papeis que estavam sobre a mesa e rasgando-os. 

A mulher ainda jogou sobre o médico modelos de implantes dentários, que se quebraram ao serem arremessados ao chão. A detida quebrou vários objetos, até ser contida pelos policiais militares.

A suspeita ainda tentou resistir a condução, sendo necessário solicitar apoio de outras viaturas. 

Depois de algemada e já dentro da viatura, a mulher começou a agredir verbalmente os policiais com palavrões. Enquanto desferia as ofensas, a mulher chutou os policiais. 

Diante dos fatos, os militares tiveram que fazer uso de força física, para conter a mulher. Já na delegacia a conduzida foi colocada na cela e mesmo assim ficou gritando o tempo todo e se debatendo descontroladamente. 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para atender ao estado de surto da mulher, que foi levada a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) onde permaneceu internada. 

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »