08/02/2022 às 11h33min - Atualizada em 08/02/2022 às 11h33min

Após 22 dias, morre adolescente baleada em igreja que estava na UTI

Além de Kelry Camila, outras seis pessoas foram atingidas durante o atentado, entre elas um bebê.

G1 MT e Tv Centro América 
ARAGUAIA NOTÍCIA 


A adolescente Kelry Camila da Silva Dias, de 16 anos, que foi baleada durante um culto evangélico em Cáceres, a 250 km de Cuiabá, no dia 16 de janeiro, morreu nessa segunda-feira (7) após 22 dias internada.

A vítima estava em companhia de outras pessoas quando uma dupla em uma moto chegou ao local disparando contra os fiéis.

Ao todo, sete pessoas foram atingidas pelos tiros, entre elas um bebê. Todos os outros seis receberam alta do hospital.[Politec esteve no local para atender a ocorrência — Foto: João Gabriel/Cáceres Notícias]Politec esteve no local para atender a ocorrência — Foto: João Gabriel/Cáceres Notícias

Kerly foi socorrida em estado grave pela própria mãe e encaminhada ao Hospital Regional de Cáceres. Ela passou mais de 20 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu ao ferimento causado pelo tiro.

Após dar entrada no hospital, Kelry foi diagnostica com Covid-19, mas, segundo a mãe dela, Ivanete da Silva, essa não foi a causa da morte.

A adolescente sofreu uma parada cardiorrespiratória por complicações do tiro que atingiram o abdômen dela.

A família fez uma vaquinha online para custear as despesas do velório, marcado para esta terça-feira (8), no Parque dos Ipês.[Das sete pessoas baleadas durante culto em Cáceres, duas permaneciam internadas]
Ativar somDas sete pessoas baleadas durante culto em Cáceres, duas permaneciam internadas

O caso

Segundo o boletim de ocorrência, o fato ocorreu em uma igreja localizada na Rua dos Opalas, no Bairro Cohab Velha, em Cáceres. As testemunhas relataram à Polícia Militar que, durante o culto, dois homens chegaram em uma moto, efetuaram os disparos e fugiram em seguida.

Além de Kelry Camila, de 16 anos, Genilza Peixoto Barbosa, de 36 anos, Rosiane Batista da Silva Gonsalves, de 27 anos, Gilmar Bezerra da Silva, de 41 anos, e Jorge Eduardo Araújo, de 45 anos, foram atingidos. Também foram baleadas um bebê recém-nascido e outra adolescente de 16.

Segundo testemunhas, um policial civil que estava no local levou algumas das vítimas até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em seu carro particular.

As outras pessoas baleadas foram encaminhadas até o Hospital Regional de Cáceres pela equipe do Corpo de Bombeiros.

A Polícia Civil e a Polícia Técnica (Politec) foram acionadas e estiveram no local, mas nenhum suspeito foi identificado até o momento.

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »