19/01/2022 às 16h22min - Atualizada em 19/01/2022 às 16h22min

Polícia Civil prende três golpistas em MT e recupera R$ 2,9 mil de vítima de Goiânia

Uma mulher e dois homens foram localizados pela GCCO em Cuiabá, com dinheiro proveniente do golpe do número novo

Araguaia Notícia
Araguaia Notícia com informações de Raquel Teixeira / PJC-MT

Três estelionatários foram presos pela Polícia Civil na terça-feira (18.01), em Cuiabá, após aplicarem um golpe em uma vítima de Goiânia. Policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) conseguiram recuperar com os golpistas R$ 2,9 mil levados da vítima.

A GCCO foi contatada pela filha da vítima, que sofreu o golpe do número novo de Whatsapp.  A idosa, de 65 anos, recebeu mensagens pelo aplicativo de uma pessoa que se passou por sua filha e pediu R$ 3 mil. A vítima, então, fez a transferência via Pix do valor achando que realmente falava com sua filha.

Após ver que a mãe havia caído em um golpe, a filha dela descobriu que o dinheiro foi transferido para uma conta bancária em Cuiabá. Elas procuraram uma Delegacia da Polícia Civil Civil em Goiânia, que depois fez contato com a GCCO.

Com base nas informações passadas, a equipe de investigação da GCCO localizou uma das golpistas, no Jardim Imperial, em Cuiabá. Após entrevista, os investigadores apuraram que o ex-marido havia utilizado uma conta bancária dela para aplicar o golpe na moradora de Goiânia. No Parque Cuiabá, os policiais da GCCO localizaram os outros dois golpistas, sendo que com um deles estavam R$ 2.750,00.

Os três foram conduzidos à sede da GCCO e autuados em flagrante pelo crime de estelionato. O procedimento será posteriormente encaminhado à Polícia Civil de Goiás, que dará sequência à investigação.

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%