Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
11/01/2022 às 08h11min - Atualizada em 11/01/2022 às 08h11min

Mato-grossense que morreu em chacina no Paraguai estava "na hora e local errados", diz MP

Olhar Direto
ARAGUAIA NOTÍCIA
A cacerense Rhannye Jamilly, estudante de medicina de 18 anos, morta em outubro de 2021 no Paraguai, estava com a amiga Haylee Carolina Acevedo Yunis, "no local e horas erradas", afirmou o Ministério Público do país. As jovens não teriam nada a ver com o crime, já que o alvo da chacina era outra pessoa. A investigação ainda não foi concluída.

Quatro pessoas morreram na chacina em outubro do ano passado. Entre as vítimas estão as brasileiras Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos, natural de Dourados, e Rhannye Jamilly Borges de Oliveira, de 18 anos, natural de Cáceres. Também morreu Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, amiga das brasileiras e filha de Ronald Acevedo, governador de Amambay, no Paraguai, e Osmar Vicente Álvarez Grance, de 29 anos.

Ao G1 um representante do Ministério Público do Paraguai contou que a execução tem a ver com o crime organizado. Ele disse que Haylee não tinha nada a ver com o crime, já que o alvo da chacina era outra pessoa. Ele ainda afirmou que a vítima estava "no local e horas erradas". Osmar seria o possível alvo dos pistoleiros.


Com informações do G1-MS.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90