Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
31/12/2021 às 09h20min - Atualizada em 31/12/2021 às 09h20min

Com surto de gripe, drogarias veem crescimento de até 300% na venda de antigripais

Olhar Direto
ARAGUAIA NOTÍCIA
O surto de H3N2 que atinge o país também refletiu nas vendas em farmácias e drogarias do Estado. Na capital de Mato Grosso, alguns estabelecimentos perceberam aumento de até 300% na venda de remédios contra a gripe. A principal procura é por remédios antigripais, xaropes e vitamina C, para combater a doença.
 
A H3N2, subtipo do vírus Influenza A, já fez aumentar o número de atendimentos em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Policlínicas de Cuiabá. Entre o último domingo (26) e 14 horas dessa terça-feira (28) foram realizadas 5.953 consultas médicas com este diagnóstico. Em Rondonópolis, houve aumento de 500% no Pronto-atendimento Infantil. Em Várzea Grande os procedimentos passaram de 500 para 1,5 mil por dia.
 
Justamente por causa da superlotação, a orientação em Cuiabá é que apenas em casos graves os pacientes procurem uma UPA. Já em Várzea Grande, a orientação é que, para sintomas leves, o tratamento seja feito em casa, com medicamentos. Com isso o surto de gripe também refletiu no movimento nas farmácias e drogarias.
 
Em Cuiabá, todas as drogarias da região dos bairros Quilombo e Goiabeiras perceberam o aumento da procura por remédios antigripais. Na Drogaria Ultra Popular, a cada dez clientes, oito estão buscando remédios contra sintomas de gripo. As principais queixas são com relação a dores de cabeça, tosse e dor no corpo.
 
Na unidade da Rede Minas Farma o movimento já vinha aumentando por causa das mudanças do clima, no entanto, no último mês o crescimento da venda de remédios antigripais foi exponencial. As maiores vendas são de remédios contra dor no corpo e tosses secas.
 
Na Drogageral foi percebido um aumento de cerca de 200% a 300% no movimento. De oito dias para cá muitos clientes começaram a procurar o estabelecimento em busca de remédios contra sintomas da gripe, principalmente coriza, tosse e dor no corpo. De acordo com a drogaria, o atendimento a clientes com sintomas de gripe era constante, mas aumentou muito, um mínimo de 90 por dia.
 
Na unidade da Drogasil do bairro Duque de Caxias muitos clientes tem relatado falta de remédios contra sintomas de gripe em outras farmácias. O estabelecimento também percebeu o amento no movimento nesta semana, que acredita que ocorre em toda a cidade. Os xaropes são os remédios que mais tem sido vendidos.
 
H3N2 Darwin no Brasil
 
De acordo com o Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), a primeira identificação da nova cepa no país foi realizada pelo Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do Instituto em amostras da cidade do Rio de Janeiro.
 
Atualmente, são conhecidos três tipos de vírus influenza: A, B e C. Os dois primeiros são mais propícios a provocar epidemias sazonais em todo mundo, enquanto o último costuma provocar alguns casos mais leves. O tipo A da influenza é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2). Já o tipo B é dividido em duas linhagens: Victoria e Yamagata.
 
Embora possuam diferenças genéticas, todos os tipos podem provocar sintomas parecidos, como febre alta, tosse, garganta inflamada, dores de cabeça, no corpo e nas articulações, calafrios e fadigas.
 
O aumento de casos pode estar associação à flexibilização das medidas de biossegurança e baixa cobertura vacinal, já que o imunizante atual não dá cobertura para a nova cepa e o ano passado teve foco na vacinação da Covid-19.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90