Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
26/12/2021 às 07h51min - Atualizada em 26/12/2021 às 07h51min

STF mantém prisão de produtor que matou engenheira agrônoma em MT

Defesa alega excesso de prazo e requer liberdade imediata

Rafael Costa / Folhamax 
ARAGUAIA NOTÍCIA 


O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve no dia 15 deste mês a prisão preventiva do produtor rural Jackson Furlan, acusado de matar a engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, em novembro de 2019, em Sorriso (420 km de Cuiabá). 

A decisão foi dada pelo ministro Ricardo Lewandowski. A defesa já ingressou com agravo regimental para que o pedido de habeas corpus seja julgado em colegiado.  O julgamento será feito pela Segunda Turma composta ainda pelos ministros Kássio Nunes Marques, Gilmar Mendes, Edson Fachin e o recém-empossado André Mendonça.

A defesa alega constrangimento ilegal por excesso de prazo. Por isso, requer a liberdade imediata, pois, transcorridos mais de dois anos, ainda não houve o julgamento por júri popular.

No entanto, o ministro Ricardo Lewandowski alegou que não havia configuração de flagrante ilegalidade para concessão do habeas corpus. Anteriormente, o pedido de liberdade foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O caso

A engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza estava em uma caminhonete, junto com o namorado, na noite de 9 de novembro de 2019.

Conforme a Polícia Civil, o casal teria sido perseguido depois de ultrapassar outra caminhonete. Quando foi ultrapassado, Jackson Furlan teria ficado irritado. Ele buzinou diversas vezes e queria que o casal parasse o veículo.

Eles foram perseguidos pelo motorista até que, em determinado momento, o suspeito sacou uma arma e disparou. O tiro atingiu a cabeça da vítima.

O namorado da jovem socorreu a vítima até um hospital e a polícia foi chamada. Ela não resistiu e morreu na unidade de saúde. 

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »