Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
22/12/2021 às 07h02min - Atualizada em 22/12/2021 às 07h02min

Jovem assassinada era tratada como objeto pelo namorado, diz mãe revoltada

Crime bárbaro em Goiás

Araguaia Notícia
G1 GO / Tv Anhanguera 
ARAGUAIA NOTÍCIA 


A mãe da jovem Raiane Ferreira da Silva, de 21 anos, morta a facadas diz que o namorado dela, Samuel Batista, de 23 anos, não deixava a filha sair de casa, em Indiara, no sul do estado. Regina Domingas conta que o suspeito do crime não permitia que a vítima visitasse nem a família.

“Ele não a deixava vir na minha casa e na casa das irmãs. Às vezes ele vinha, trazia, mas ela não tinha liberdade, ele a tratava como se fosse um objeto”, desabafa a mãe.

O g1 não conseguiu identificar quem é o advogado do suspeito preso até a última atualização dessa reportagem.

O casal começou a discutir e vizinhos ouviram pedidos de socorro na noite de segunda-feira (22). As testemunhas contaram à família que ele saiu da casa com o filho do casal, de 7 meses, o deixou com moradores da região, disse que tinha matado a namorada e fugiu.[Raiane Ferreira, encontrada morta dentro de casa — Foto: Reprodução/Instagram]Raiane Ferreira, encontrada morta dentro de casa — Foto: Reprodução/Instagram

Regina conta ainda que o suspeito se aproveitava da condição financeira de Raiane para que ela dependesse dele.

“Ele comprava ela com roupa, como a gente é de família pobre, carente, tudo servia para ela e aí chegou ao ponto que chegou, dele matá-la. Quero justiça!”, lamenta Regina.

Um vídeo mostra a casa com marcas de sangue em vários cômodos. Roupas e objetos pessoais estavam revirados.

A irmã da vítima, Daiane Ferreira conta que Raiane disse que a vítima já tinha relatado constantes brigas e ameaças feitas pelo namorado. Eles estavam juntos há mais de um ano e, nesse período, se separaram e voltaram algumas vezes.

A vítima já tinha registrado boletim de ocorrência contra ele e tinha até medida protetiva contra Samuel. Porém, eles acabaram reatando o relacionamento um tempo depois.[Raiane Ferreira da Silva, em foto quando estava grávida — Foto: Reprodução/Instagram]Raiane Ferreira da Silva, em foto quando estava grávida — Foto: Reprodução/Instagram

"Em abril de 2020, ele foi preso em por ameaça contra a namorada. Na época, foi expedida a medida protetiva para ela. Agora, quando foi preso dessa vez, ele ficou em silêncio, mas pelos elementos que temos, não há dúvida de que foi ele o autor", disse o delegado Daniel Moura.

Samuel foi preso pela Polícia Militar horas depois do crime. ele estava escondido em uma casa abandonada da cidade. Depois de ser interrogado na delegacia, foi levado para o presídio da cidade.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90