08/12/2021 às 10h38min - Atualizada em 08/12/2021 às 10h38min

Polícia prende criminosos que executaram homem em plena luz do dia

Olhar Direto
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de executarem Marcos Aurélio da Silva, de 29 anos, em outubro deste ano, em via pública, no bairro Vila Operária, em Rondonópolis (216 km de Cuiabá). O crime foi esclarecido e resultou na deflagração da operação Sem Sombra, que deu cumprimento a seis ordens judiciais (dois mandados de prisão e quatro de busca e apreensão) decretadas pela Justiça com base nas investigações da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) contra os suspeitos de 19 e 27,  identificados como autores do crime.

O homicídio ocorreu no dia 29 de outubro. A vítima foi atingida por disparo de arma de fogo, chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém não resistiu aos ferimentos.

O crime foi registrado pela câmera de segurança de um estabelecimento da região. Vários tiros são disparados contra a vítima, que cai no asfalto, tenta se levantar e fugir novamente, mas é perseguida pelo bandido, que segue atirando.

Um homem que passava pela rua, desesperado, também corre para evitar a linha de tiro. Depois do crime, o bandido foge do local, mas tem seu rosto filmado pela câmera de segurança. 

Assim que foi acionada sobre os fatos, a equipe da DHPP iniciou as investigações para identificar a autoria do homicídio.

Com a base nas investigações, a delegada Karla Peixoto Ferraz representou pela prisão preventiva dos suspeitos e pelos mandados de busca e apreensão que foram deferidos pela Justiça e cumpridos na segunda-feira (06).

Além da prisão dos suspeitos, a operação resultou na apreensão de um capacete utilizado por um dos suspeitos no dia do crime. Após terem os mandados cumpridos, os suspeitos foram conduzidos para a delegacia para as providências cabíveis e posteriormente colocados à disposição da Justiça.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.4%
17.9%
75.4%