29/11/2021 às 10h13min - Atualizada em 29/11/2021 às 10h13min

Morte de cachorrinho por causa de fogos no jogo Flamengo e Palmeiras comove cidade de MT

Prefeita sugere lei para proibir fogos de artífcio na cidade

Um cachorro da raça border collie morreu ao ficar gravemente ferido quando tentava entrar em casa, na noite de sábado (27/11), em Jaciara (MT). Thois, de quatro anos, estava no quintal e, assustado com os fogos durante o jogo da final da Copa da Libertadores da América, pulou a janela e se machucou muito, entre Palmeiras e Flamengo.

Ele conseguiu entrar na casa, mas se cortou no vidro da janela e morreu já no interior da residência. Foi numa cena de terror em que o dono, Maiki Aparecido Rocha de Souza, o encontrou. O dono disse que trabalha o dia todo e que não sabia o que estava acontecendo e que, quando chegou em casa, o animal estava muito ferido, mas ainda estava vivo.

Ele morreu logo depois que Maiki chegou em casa. A prefeita de Jaciara, Andréia Wagner (PSB), publicou em suas redes sociais seu posicionamento e indignação pelo fato ocorrido no último sábado (25.11) e que acabou vitimando um cachorro. Thois, morreu após tentar fugir do barulho de fogos e se cortou em estilhaços de vidro, na casa onde morava.

Devido ao ocorrido, a gestora adiantou que irá se reunir com o vereadores nesta semana para que seja feita uma emenda à Lei Municipal Nº 1.973, de 16 de setembro de 2020, de autoria do vereador Adnan Alli Ahmad, que trata da proteção aos animais, acrescentando a proibição de fogos de artifícios no municípios.

Ela também lembrou do Projeto de Lei Nº 449/2019, que tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que pede a proibição da queima de fogos de artifícios na cidade. A medida é de autoria do presidente do Legislativo, deputado Max Russi (PSB), que também é contra esse tipo de prática.

Nas redes sociais, o dono do cachorro, revoltado, também se posicionou. "Muito grato pelo fogos de hoje, meu cachorro gostou tanto que se cortou todo e morreu", desabafou Maiki Ap, ao comentar também sobre a lei em tramitação na Assembleia. "O Projeto de Lei nº 449/2019 propõe restrição ao manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos, que emitam som de alta intensidade no estado de Mato Grosso".

CLIQUE AQUI; Participe do grupo de WHATSAPP do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI: Participe do grupo do TELEGRAM do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

Leia na íntegra o posicionamento da prefeita Andréia, nas redes sociais:



"Quem me conhece sabe o quanto eu amo os animais e como os amo! Especialmente os dogs! Infelizmente, um episódio triste, absurdo, lamentável e revoltante ocorreu aqui em Jaciara e pertencia a família do senhor Maiki @maikiap.

O cachorrinho Thois, assustado com os barulhos dos fogos acabou morrendo após tentar buscar refúgio em meio ao desespero e medo.

Torço para que o projeto de lei 449/2019 de autoria do Dep. @maxrussi seja sancionado o mais rápido possível para que haja punição para esse tipo de prática que tanto amedronta nossos animais.

De nossa parte, vamos nos reunir com os vereadores para ver o que podemos fazer para que fatos lamentáveis não voltem a acontecer.

Meu mais profundo sentimento à família que perdeu o seu melhor amigo. Deixo aqui o meu apoio e posicionamento a respeito desse tipo de prática! Mais sensatez e sensibilidade, por favor.  Quando a alegria de uns se transforma em tristeza de outros, o encanto da felicidade se dissipa como fumaça".

G1 MT com Assessoria
ARAGUAIA NOTÍCIA 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.4%
17.9%
75.4%