27/11/2021 às 10h49min - Atualizada em 27/11/2021 às 10h49min

Irmãos acusados de estupro e homicídio no Pará são presos em cidade do Araguaia após furto de carretinha

Dois irmãos foragidos da Justiça do Pará foram presos pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (24.11), durante investigação para elucidar uma ocorrência de furto de uma carretinha, registrada em Campinápolis (658 km a leste de Cuiabá).

Além dos cumprimentos dos mandados de prisões, o veículo subtraído também foi recuperado, após ação integrada das Polícias Civil dos municípios de Campinápolis e Canarana (823 km a leste da Capital).

Na terça-feira (23) a vítima de 43 anos procurou a Delegacia de Campinápolis, para registrar o crime ocorrido em frente a sua empresa de autopeças, no bairro Setor União.

Conforme o comunicante, o veículo para transporte de cargas estava estacionado na calçada, quando um carro Gol de cor prata se aproximou, o motorista desceu e acoplou a carretinha no automóvel, consumando o furto.

Nas investigações os policiais civis identificaram o autor do crime, que foi localizado e conduzido para esclarecimentos. Durante interrogatório, o suspeito revelou que havia levado a carretinha para a cidade de Canarana.

Com base nas informações, foi solicitado apoio à Delegacia de Canarana, a qual prontamente realizou diligências e conseguiu recuperar o veículo de transporte de cargas e prender em flagrante um homem por receptação qualificada. 

CLIQUE AQUI; Participe do grupo de WHATSAPP do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI: Participe do grupo do TELEGRAM do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

Dando continuidade ao trabalho policial, ao ser qualificado na Delegacia de Campinápolis, descobriu-se contra o autor do furto um mandado de prisão em aberto, expedido pelo juízo da Comarca de Xinguara (PA).

De acordo com o delegado Raphael Diniz Garcia, em consulta apurou-se também que o irmão do autor do furto também possuía uma ordem de prisão em aberta. “Ambos figuram como réus em processo de crimes, tais como homicídio qualificado, estupro e dano qualificado no Pará”, disse Raphael Diniz.

Os irmãos tiveram os mandados de prisões cumpridos, sendo apresentados para audiência de custódia e posteriormente encaminhados ao Presídio Major PM Zuzi Alves, em Água Boa, ficando à disposição do Poder Judiciário.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.4%
17.9%
75.4%