19/11/2021 às 23h34min - Atualizada em 19/11/2021 às 23h34min

Foragido, condenado a 24 anos, que mantinha 'vida de luxo' em Barra do Garças é preso com 35 kg de maconha

Araguaia Notícia
Em uma ação bastante exitosa, policiais militares da Força Tática e da viatura do Oficial de Dia fizeram no inicio da noite de sexta-feira (19/11), a prisão de mais um foragido da justiça, em Barra do Garças (509 km de Cuiabá-MT), um homem de 29 anos, que somados todas as penas nos diversos crimes que responde na justiça, chega a 24 anos de condenação.

Informações preliminares davam conta de que o foragido, que possui pelo menos três processos pelo crime de roubo, em três estados diferentes estaria residindo no bairro Tamburi e ostentava uma nova vida, com veículo de luxo e documentos falsificados, com intuito de dificultar sua identificação pelas forças de segurança.

Na residência, os PMs descobriram que, a esposa do rapaz respondia na justiça, pelo crime de tráfico de drogas e usava tornozeleira que foi danificada pela envolvida.

Mas a surpresa maior estava por vir, durante buscas no interior da casa, os policiais militares descobriram que o local era usado como ponto de venda de entorpecentes. Em um dos cômodos, os militares localizaram aproximadamente 35kg em tabletes, do que aparentava ser maconha.

Os PMs apreenderam ainda, R$ 175.00 em dinheiro, balança de precisão, caderno com anotações da venda ilícita de drogas, relógios, joias, porções de pasta base de cocaína, maconha e cocaína, além de 12 comprimidos de ecstazy e algumas plantas de maconha plantadas aos fundos da residência.

CLIQUE AQUI; Participe do grupo de WHATSAPP do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI: Participe do grupo do TELEGRAM do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

Conforme levantamento iniciais, o homem de 29 anos estava foragido desde o ano de 2019, da unidade prisional de Uruaçu-GO e teria vindo para Barra do Garças-MT, se passando por outra pessoa, vivendo uma vida de luxo, sem levantar qualquer suspeita. O casal que tem um filho de 1 ano e 6 meses foi detido e conduzido para a delegacia de polícia, onde foram apresentados ao delegado de plantão.

Se autuado, o homem poderá ainda responder por tráfico de drogas, falsidade ideológica, entre outros crimes.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
16.9%
77.3%