17/11/2021 às 21h44min - Atualizada em 17/11/2021 às 21h44min

PM demite cabo por simular doença e faltar serviço em MT

Decisão administrativa não detalhou qual doença teria sido “simulada” por cabo da corporação

Diego Frederici / Folha Max via ARAGUAIA NOTÍCIA 

A Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT) publicou na edição do Diário Oficial desta quarta-feira (17) a demissão do cabo A.S. A publicação da PMMT é sucinta ao revelar os motivos da demissão do servidor da segurança pública de Mato Grosso, resumindo apenas que ele infringiu “valores éticos, morais, deveres e obrigações”. No entanto, ao consultar o Regulamento Disciplinar da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso (RDPM/MT), é possível encontrar algumas “pistas” sobre o que levou a corporação a demitir o cabo PM.

CLIQUE AQUI; Participe do grupo de WHATSAPP do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI: Participe do grupo do TELEGRAM do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

De acordo com a publicação no Diário Oficial, A.S. teria agido em desacordo com os itens “1, 19, 22 e 79 do anexo do RDPMMT”. Tais itens, conforme o documento, apontam, entre outros comportamentos proibidos aos policiais e bombeiros militares, “faltar à verdade, simular doença para se esquivar ao cumprimento de qualquer dever militar, faltar e chegar atrasado a qualquer ato de serviço, e desrespeitar medidas de ordem policial, judicial ou administrativa”.

Assim, chega-se à conclusão que o cabo pode ter “abusado” dos “atestados médicos”, e acabou sendo demitido das fileiras da PM. A publicação não revelou a doença que teria sido "simulada" pelo servidor da segurança pública.

A.S. tem cinco dias para entregar seus pertences militares à corporação.
Notícias Relacionadas »
Comentários »