17/11/2021 às 11h30min - Atualizada em 17/11/2021 às 11h30min

Governo de MT lamenta falecimento do coronel Aluísio Metelo que atuou em Barra do Garçads

Araguaia Notícia
O Governo de Mato Grosso lamentou o falecimento do coronel da Polícia Militar Aluísio Metelo, 73 anos, ocorrido na quarta-feira (17.11) por complicações da Covid-19. O coronel estava internado há 23 dias em um hospital em Várzea Grande. Aluísio Metelo já foi comandante da PM em Barra do Garças e é irmão do ex-secretário de saúde de Barra do Garças, Adalberto Metelo e tio do vereador Murilo Valoes. 

“Estamos consternados com essa perda. Aluísio Metelo foi um oficial que muito contribuiu com as forças de segurança do nosso Estado. Meus sinceros sentimentos a toda a família e que Deus possa dar um pouco de conforto a todos nesse momento tão triste”, lamentaram o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes.

CLIQUE AQUI; Participe do grupo de WHATSAPP do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI: Participe do grupo do TELEGRAM do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

“Perdemos mais um companheiro que dedicou anos da sua vida à Polícia Militar. Toda a corporação lamenta essa perda. Que Deus seja um abrigo para todos nós nesse momento de dor”, ressaltou o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis.

Natural do município de Cuiabá, Aluísio Metelo ingressou na PM de Mato Grosso em 1969 e estava na reserva remunerada. Foi comandante-geral da Polícia Militar de 1995 a 1996; comandou por muito tempo a 2ª Companhia Integrada de Polícia Militar de Barra do Garças; foi o primeiro comandante do Batalhão Ambiental; foi comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar por cinco anos. Metelo também foi o fundador da Corregedoria da Policia Militar e pioneiro em várias causas na polícia militar.

Aluísio Metelo deixa cinco filhos, sendo dois oficiais da PM e um do Bombeiros.

Coronel Aluísio Metelo de óculos escuro - Foto por: Divulgação
Notícias Relacionadas »
Comentários »