12/11/2021 às 20h43min - Atualizada em 12/11/2021 às 20h43min

Policial Civil de Barra do Garças morre aos 45 anos devido AVC

Neste sábado serão feitas homenagens da Polícia Civil e da igreja Assembléia de Deus ministério Sinais ao policial

Araguaia Notícia
Faleceu na manhã de sexta-feira (12/11) na Clínica de Neurologia de Goiânia, o policial civil de Barra do Garças-MT, Luciano Barbosa de Araújo, de 45 anos. Ele estava internado há quatorze dias na capital goiana onde fazia um tratamento devido a Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

Segundo informações, Luciano quando começou a passar mal procurou os hospitais em Barra do Garças, mas os médicos não conseguiram descobrir o que ele tinha. Foi aí que ele recorreu a Goiânia e lá os médicos verificaram que se tratava de um aneurisma, que infelizmente, lhe tirou a vida nesta manhã de sexta-feira.

Luciano era um policial civil bastante atuante e dedicado a profissão e atuava ultimamente na delegacia especializada da Juventude. O corpo dele está vindo de Goiânia e chegará por volta de 1 hora da manhã de sábado (13/11) e o velório vai começar às 2 horas da madrugada na Casa de Velório de Aragarças-GO onde serão feitas homenagens para ele e o sepultamento será às 17 horas de sábado no cemitério também de Aragarças.

O policial atuava também como presbítero na igreja Assembleia de Deus ministério Sinais, de Pontal do Araguaia-MT, cujo pastor é o apostolo Jair Junior. Aliás, Luciano residia em Pontal do Araguaia. “Nós lamentamos muito a morte do Luciano que era um homem dedicado a família, bondoso e que estava sempre conosco nas atividades da igreja”, destacou o pastor.

O site Araguaia Notícia foi informado que várias homenagens serão prestadas ao policial civil neste sábado na casa de velório de Aragarças.

Luciano deixa a esposa Fernanda e um filho de 2 anos de idade. Em nota, a Polícia Civil de Mato Grosso se manifestou sobre a morte de Luciano. A corporação explica que ele já tinha 19 anos na Polícia Civil. Trabalhou na antiga Delegacia Especializada de Infância e Juventude, Delegacia de Defesa da Mulher e desde 2008, atuava na Delegacia Especializada do Adolescente/BG.

Em todas as unidades nas quais prestou seu labor, sempre foi uma referência na conduta profissional, pessoal e espiritual. Foi um policial que na sua mais humilde atuação, era zeloso na forma de desenvolver suas tarefas, era generoso no modo de tratar as pessoas que por um fato tornava-se alvo de atuação policial e era pontual na aplicação precisa da lei no momento de sua finalidade legal.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO ARAGUAIA NOTÍCIA PRA RECEBER INFORMAÇÕES EM TEMPO REAL

Por tudo que aqui fez, resta agora descansar no colo de Deus e de lá proteger seus irmãos que aqui na terra continuam a sua missão.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
16.9%
77.3%