07/11/2021 às 17h59min - Atualizada em 07/11/2021 às 17h59min

Foragido por morte de empresário é preso dirigindo BMW

Suspeito vinha sendo monitorado por câmeras de segurança

Folha Max via ARAGUAIA NOTÍCIA 

Michael de Miranda Alves, de 37 anos, acusado de envolvimento no assassinato do empresário Gilberto de Oliveira Couto, foi preso na noite deste sábado (6) em Várzea Grande, quando dirigia uma BMW X6. O crime foi praticado no município de Guarantã do Norte (708 KM da Capital) em maio deste ano e teria sido “encomendado” pela ex-esposa e pelo filho da vítima, além do namorado da ex-companheira de Gilberto.

De acordo com a investigação da Polícia Civil, Michael participou do crime auxiliando outros dois envolvidos que são policiais militares e já estão presos no município de Sinop (500 km de Cuiabá) desde o dia 20 de outubro deste ano. O mandado de prisão contra Michael permanecia em aberto.PUBLICIDADEA troca de informações entre as forças policiais e apoio da delegacia de Guarantã do Norte permitiu identificar o veículo utilizado pelo suspeito. Com isso, as forças de segurança de Cuiabá foram alertadas e o carro de luxo passou a ser monitorado por câmera OCR das ruas de Várzea Grande.

Quando uma viatura que fazia rondas na avenida da FEB confirmou que se tratava do carro utilizado por Michael, uma equipe da Guarda Municipal de Várzea Grande fez a primeira abordagem. Em seguida, viatura da Polícia Militar chegou e deu apoio na abordagem. Posteriormente, o suspeito foi encaminhado à sede da Polícia de Capturas (Polinter).

De acordo com a Polícia Civil, ele passará por audiência de custódia da Justiça e será interrogado nos próximos dias. Conforme o delegado que preside o inquérito, Victor Hugo Caetano de Freitas, a expectativa é que Michael possa fornecer informações primordiais ao esclarecimento do homicídio.

Segundo as investigações, o crime foi motivado por questões patrimoniais, relacionadas a divisões de bens de herança do empresário Gilberto de Oliveira Couto, também conhecido como “Bento Caça e Pesca”.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO ARAGUAIA NOTÍCIA PRA RECEBER INFORMAÇÕES EM TEMPO REAL

O CRIME

O crime foi praticado do dia 25 de maio de 2021 quando o empresário foi alvejado por aproximadamente quatro disparos em frente a sua residência, no Jardim Vitória, em Guarantã do Norte. O corpo da vítima apresentava ferimentos de arma de fogo nas costas e cabeça e estava há aproximadamente quatro metros da sua motocicleta que também estava caída.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para apurar o homicídio e identificar os envolvidos no crime. Durante as investigações, várias testemunhas foram ouvidas e todas apresentaram as mesmas versões, identificando os suspeitos como mandantes do crime. No dia 20 de 2021, dois policiais militares foram presos pela suspeita de serem os executores do crime.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »