13/10/2021 às 08h35min - Atualizada em 13/10/2021 às 08h35min

Garçastur pede reajuste e passagem do coletivo pode chegar a 5,50 em Barra do Garças

A tarfia hoje custa 4,00. Mesmo pedindo aumento continuam as reclamações que a empresa está rodando com menos ônibus e não atende final de semana e feriados

Araguaia Notícia
A empresa de transporte coletivo de Barra do Garças-MT e região, Garçastur, já enviou a prefeitura uma nova planilha de custos onde solicita que a tarifa do transporte público seja reajustada de R$ 4,00 para quem sabe 5,50. A justificativa para esse pedido seriam os constantes reajustes dos combustíveis.

Vale destacar que houve uma mudança na lei e agora quem define o valor da tarifa é o prefeito e não precisa mais passar pelo crivo dos vereadores (Poder Legislativo). Mesmo pedindo reajuste da passagem, as reclamações continuam contra a Garçastur que estaria com número reduzido de coletivos circulando e não estaria rodando também nos finais de semana e feriados prejudicando a comunidade mais humilde.

O empresário Paulo Augusto, da empresa Garçastur e Delta Transportes, explica que o óleo diesel já teve nove reajustes somente em 2021 totalizando 49% de acréscimo no seu valor. “O combustível não para de aumentar e a empresa enfrenta dificuldades pela redução do número de passageiros devido a pandemia e também a concorrência de outros transportes alternativos. É por isso que estamos solicitando um novo reajuste”, justificou.

Paulo agradeceu o apoio financeiro que a Garçastur recebeu da prefeitura com autorização da Câmara Municipal de R$ 25 mil durante os meses de julho, agosto e setembro. “Esse subsídio foi primordial para que a empresa não fechasse as portas. Lamento que alguns vereadores usaram esse assunto como palanque dizendo que essa ajuda não foi correta porque beneficiou uma empresa particular, mas na verdade esse subsídio manteve o transporte público funcionando”, destacou o empresário.

No Brasil, segundo levantamento da Garçastur, de 30 metrópoles, 28 recebem subsídios do Poder Público. E por falar em aumentos, a gasolina também deve subir 7,2% o litro, em média nos postos de Barra do Garças, chegando a 6,50. O litro do diesel alcançou o valor de 5,50.

O transporte coletivo em Barra do Garças atende em torno de duas mil pessoas por dia e a gratuidade de idosos, estudantes (com meia passagem) e trabalhadores que são atendidos pelo vale-transporte cujos direitos foram conquistados em lei.

Paulo voltou a dizer que abre mão da concessão, caso a prefeitura entenda que seja necessária uma nova licitação, todavia alega que qualquer empresa que entrar na Barra terá a mesma dificuldade para oferecer o serviço com os preços atuais. 

O prefeito Adilson Gonçalves ainda não se manifestou sobre o assunto, mas o reajuste da tarifa deve ocorrer na próxima semana. Existe uma especulação, nos bastidores, que o reajuste deve ser de cinquenta centavos e tarifa deve ficar em 4,50. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.7%
17.2%
77.0%