16/09/2021 às 12h04min - Atualizada em 16/09/2021 às 12h04min

Ministro Tarcísio já chegou em Barra do Garças e visita obra do anel viário às 15 horas

Araguaia Notícia
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, chegou por volta das 9 horas da manhã de quinta-feira (16/9) no aeroporto de Barra do Garças-MT acompanhado dos superintendentes do DNIT de Mato Grosso e Goiás. Tarcísio foi recepcionado pelo prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves; do Pontal do Araguaia, Adelcino Lopo e de Aragarças, Ricardo Galvão, e demais lideranças da região. 

Na sequência, a comitiva do ministro Tarcísio seguiu de carro para Montes Claros de Goiás para vistoriar a recuperação da BR-070 entre Montes Claros e Aragarças com ampliação de acostamento. 

E está programado para o período da tarde, por volta das 15 horas, a vistoria na obra do anel viário de Barra do Garças que já tem duas pontes concluídas e falta a ligação asfáltica entre Mato Grosso e Goiás. Existe uma previsão, bastante otimista, de que o governo federal consiga concluir essa obra ainda neste ano. 

O anel viário de Barra do Garças (contorno) vai interligar as rodovias federais BR-070, BR-158 e a rodovia estadual MT-100, na divisa de Mato Grosso com o estado de Goiás.
 
De acordo com o Dnit, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, 85% da obra já foi executada. Segundo Medeiros, que é vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara Federal, a previsão do ministro é entregar o Contorno até o final deste ano.
 
As pontes sobre o Rio Araguaia e Rio Garças já foram concluídas e o encabeçamento das pontes de concreto está avançando. A obra é uma reivindicação antiga da população de Barra do Garças, Pontal do Araguaia. Ela vai desviar o tráfego pesado de caminhões e carretas do perímetro urbano de Barra, Pontal e Aragarças em Goiás. Além de trazer benefícios para as pessoas, a obra vai melhorar o escoamento da produção local.
 
No total, a obra do Contorno Rodoviário tem aproximadamente 16 quilômetros, sendo 10 quilômetros em Mato Grosso e seis quilômetros no Estado de Goiás.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.7%
17.6%
76.6%