15/09/2021 às 11h38min - Atualizada em 15/09/2021 às 11h38min

Leitos para pacientes com Covid-19 são desativados após queda de internações em Rondonópolis (MT)

A SES-MT orientou que se os leitos estiverem ocupados os pacientes devem ser mantidos nas unidades de terapia intensiva até que sejam liberados.

G1 MT
Araguaia Notícia
Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 na rede pública de Rondonópolis foram bloqueados e serão desativados. A Secretaria de Estado de Saúde também vai deixar de manter outros leitos na Santa Casa.

O motivo é que nas últimas semanas teve redução no número de internações nos leitos de UTI Covid na rede pública e, além disso, o estado pretende retomar as cirurgias eletivas neurológicas e cardíacas e precisa utilizar os leitos.

A SES-MT orientou que se os leitos estiverem ocupados os pacientes devem ser mantidos nas unidades de terapia intensiva até que sejam liberados.

Os 10 leitos que estão sendo bloqueados estão no Hospital Regional de Rondonópolis e a SES também vai deixar de dar aporte financeiro para outros dez leitos que são custeados em parceria com o Ministério da Saúde na Santa Casa.

Foram notificados: o escritório regional de saúde que faz a regulação desses pacientes, inclusive de toda região, também a Santa Casa e a Secretaria Municipal de Saúde.

Com essa redução de leitos de UTI Covid, Rondonópolis, que contava com 60 leitos, agora passa a ter 40 e parte deles para atender pacientes de toda região.

Do dia 20 de janeiro deste ano, quando a primeira vacina contra à Covid-19 foi aplicada em Rondonópolis, até agora, mais de 242 mil doses já foram ofertadas aos moradores.

Atualmente, a cidade ultrapassou os 40% de imunização completa da população vacinável. Ou seja, pessoas que já tomaram as duas doses ou vacina de dose única. O reflexo disso já impacta diretamente no número de mortes pela doença no município, que caiu bastante.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.6%
19.3%
73.5%