18/10/2011 às 19h30min - Atualizada em 18/10/2011 às 19h30min

Caju vira destaque na terra do gado em Mato Grosso

A Festa do Caju mais uma vez sobressaiu mesmo sem apoio da prefeitura

Olhar Direto
Ilustração Vários doces fizeram a festa do povo. Não sobrou nem o licor de caju no final

A tradicional Festa do Caju movimentou o distrito de Voadeira, localizado a 18 km de Barra do Garças (503 km de Cuiabá). Por dois dias, o local conhecido como 'rei do gado', por ter um rebanho bovino estimado em 200 mil cabeças, se rendeu as delícias do caju. E não faltaram opções neste ano. Doces de todos os tipos e bebidas inclusive algumas ardentes feitas da fruta.

A programação teve início na noite de sexta-feira com um leilão e um animado forró. No sábado teve seqüência com exposição de doces durante todo o dia e mais baile festivo à noite. A programação seguiu no domingo também com a venda de doces. Os doces cristalizados e as castanhas de caju registraram a maior procura durante o evento.

Entre os shows realizados neste ano destaque para a dupla Mário e Thizil muito conhecida na região do Vale do Araguaia. O resultado foi altamente positivo da festa.

A Festa do Caju consolidou-se ao longo dos anos como a segunda maior festa popular de Barra do Garças ao ponto de mudar o perfil da cidade por dois dias. A cidade do gado dá espaço para o caju. A comunidade da Voadeira industrializou a marca do doce de caju da região e trabalha hoje com uma cozinha industrial.

Curiosamente a nova meta do distrito de Voadeira é voltar plantar caju em larga escala. Por incrível que pareça mais da metade do caju utilizado na fabricação dos doces da região vem de outras regiões do estado. A Empaer auxilia os produtores da Voadeira a plantarem o caju-anão uma saída rápida e inteligente para manter o distrito em ascensão.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.5%
17.2%
77.0%