18/04/2014 às 10h42min - Atualizada em 18/04/2014 às 10h42min

Procissão do Fogaréu tem soldados do Exército e índios no papel de guardas romanos

Secom BG
Secom BG

Soldados do Exército Brasileiro, índios Xavantes e voluntários abriram a parte de eventos da Semana Santa no Araguaia. O grupo que simboliza a perseguição dos Faricocos (Soldados Romanos) à Jesus Cristo para prendê-lo. Essa procissão é realizada em várias cidades brasileiras exemplo Teresina/PI, e cidades de Goiás como Pirenópolis e Goiás Velho.

No Araguaia a tradição voltou a fazer parte do calendário religioso no ano passado, “Ficamos dois anos sem fazer o Fogaréu por falta de apoio do poder público mas a partir de 2013 o prefeito de Barra do Garças Roberto Farias e as prefeituras de Aragarças e Pontal do Araguaia ofereceu condições para que voltássemos a fazer esta festa”, citou o organizador Getúlio Costa do Grupo leste.

A Procissão do Fogaréu iniciou na Avenida Beira-rio em Aragarças, passando por Pontal do Araguaia e seguiu nas Avenidas Ministro João Alberto, Ruas Carajás, Mato Grosso, Presidente Vargas encerrando no Porto do Baé, onde Jesus Cristo foi encontrado.

A Semana Santa do Araguaia tem o ápice da programação nesta sexta-feira (18/04), “Convidamos toda a população para acompanhar o segundo dia que começa com a Via-sacra da Igreja Católica saindo da Avenida Salomé Rodrigues nas proximidades do Supermercado Nilo a partir das 17.30, no momento da chegada da peregrinação no Porto do Baé será realizada a Procissão dos Barquinho e a chegada do Corpo Morto. A noite de sexta-feira Santa será encerrada com a Encenação da Paixão de Cristo na Arena do Baé), complementou o Secretário de Cultura Alex Matos. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.3%
18.3%
75.1%