11/04/2014 às 17h50min - Atualizada em 11/04/2014 às 17h50min

Trabalhares grevistas da educação rejeita segunda proposta em 25 dias do movimento

Eldorado Fm
Eldorado FM

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vila Rica (SISPUMVIR), representando a categoria da educação em greve, comunicou na tarde desta quinta-feira, 10 de abril, ao Prefeito Municipal Luciano Alencar (DEM), decisão da Assembléia Geral realizada pela categoria para analisar proposta enviada através do ofício de nº 105/GABP.

Após análise da proposta os servidores públicos avaliaram que apenas dois dos cinco itens de reivindicação foram mencionados. Esta foi a segunda proposta rejeitada pelo movimento em vinte e cinco dias de greve, no último dia 1º de abril a primeira proposta do Executivo já havia sido reprovada em assembléia.

A Presidente do Sispumvir, Professora Marizete, falou a reportagem da Rádio Comunitária Eldorado FM que o sentimento de cada um dos grevistas é de indignação pela atitude do Gestor Público. “Nós vamos levantar acampamento hoje, segunda-feira às 8 horas nós temos uma palestra no Sispumvir, nós estamos convidando os pais, alunos, todos os profissionais para participar aonde vai estar o presidente do sindicato estadual Henrique Lopes que vai estar palestrando”, disse a professora.

Na resposta ao Prefeito o Sindicato aproveitou para sugerir, “Nos termos da Lei Complementar nº 101, o § 3º da Constituição Federal como últimas medidas de adequação fixado na lei complementar referida no caput, a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios adotarão as seguintes providências:I - redução em pelo menos vinte por cento das despesas com cargos em comissão e funções de confiança; II - exoneração dos servidores não estáveis”.

O Documento foi finalizado acusando o Gestor de falta de respeito e consideração com a categoria. A Assembleia Geral dos profissionais da educação rejeitou por unanimidade a proposta apresentada.

Os itens reivindicado pela categoria são:

1º - O reajuste do FUNDEB.

2º - Elevação de nível do pro funcionário e pro infantil.

3º - Aprovação com urgência do plano de cargos, carreira e salário.

4º - O piso salarial nacional que é garantido pela lei 11.738/2008.

5º - Aplicação integral dos 30% das receitas de impostas e transferências constitucionais.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.3%
18.3%
75.1%