05/08/2021 às 17h05min - Atualizada em 05/08/2021 às 17h05min

PF deflagra ação contra membros do CV que invadiram casa de delegado

Bárbara Sá
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Polícia Federal, com apoio da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO), deflagrou a operação G-Cross contra membros do Comando Vermelho que invadiram a casa do delegado da PF Renato Sakamoto, no bairro Santa Rosa, em 20 de abril deste ano.

Desde o início da manhã de hoje (5), são cumpridos 5 mandados de prisão e busca e 8 apreensão em bairros de Várzea Grande e Cuiabá - na lista estão o Jardim da Glória (VG) e o Santa Amália (na Capital). 

O RDNEWS apurou que os criminosos, que invadiram a casa do delegado, não sabiam que ele era um policial federal. E que, ao descobrir durante o roubo, decidiram pegar a arma. A todo momento, pediam pela pistola Glock, modelo G17 9mm, registrada no nome da Polícia Federal.

A ação tem como o objetivo de desarticular um grupo criminoso suspeito de invadir residências para subtração de eletroeletrônicos e veículos, restringindo, para isso, a liberdades das vítimas, deixando-as amarradas. Os suspeitos agiam normalmente em um grupo de quatro integrantes e tinham preferência por residências de luxo, localizadas na região do Bairro Santa Rosa, em Cuiabá.

Durante as investigações, identificou-se que o bando também atua em diversos outros delitos como furtos, golpes através de aplicativo OLX e tráfico de drogas. Todos os suspeitos possuem extensa ficha criminal, apesar da pouca idade.

A ação contou com apoio de equipes do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil Gerência de Operações Especiais (GOE), Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

As investigações terão continuidade para identificar outros integrantes do grupo criminoso, bem como localizar os objetos subtraídos das vítimas.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
18.5%
74.4%