03/08/2021 às 20h44min - Atualizada em 03/08/2021 às 20h44min

Polícia Civil apreende 22 kg drogas em Canarana causando prejuízo de meio milhão ao tráfico

O Pioneiro
ARAGUAIA NOTÍCIA
Uma operação da Polícia Civil, denominada de Sangria, apreendeu na manhã de terça-feira (3/8) em Canarana-MT, mais de 22 kg de entorpecentes entre maconha, cloridrato de cocaína e crack. Foi a maior apreensão do ano. O produto está avaliado em mais de 600 mil reais. Além da droga, foram apreendidos três veículos utilizados no tráfico, mais de 20 mil reais em espécie, armas de fogo, joias e outros objetos. Toda apreensão soma quase um milhão de reais. Três pessoas foram presas, sendo dois homens e uma mulher.
 
A droga apreendida estava escondida em buracos pelo pátio de uma chácara, localizada bem próxima da cidade. A chácara de alto padrão, com piscina, era locada pelo traficante e possibilitava uma vida luxuosa para ele e sua família. Além disso, foram encontradas e apreendidas cestas básicas, que eram doadas com o objetivo de ter o apoio dos mais carentes ao tráfico. “É a compra do silêncio do cidadão, é na fome do indivíduo, uma covardia, como a gente é acostumado a ver nos morros do Brasil”, completou.
 
Mas o que mais marcou os policiais e todas as equipes de reportagem que estavam no local era o estado de uma criança e uma adolescente, filhas do casal preso. Estavam muito abaladas, sofrendo com o erro de seus pais.

Segundo o delegado regional de Água Boa, Valmon Pereira da Silva, o resultado da operação representa um grande prejuízo para o tráfico de drogas em Canarana e região. "Foi um trabalho muito bem articulado que tirou de circulação grande quantidade de entorpecente que seria distribuída no município", disse o delegado.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
18.5%
74.4%