02/08/2021 às 18h33min - Atualizada em 02/08/2021 às 18h33min

Prima de vereador, torcedor do Cuiabá, vendedor e funcionária da CDL morrem vítimas da Covid-19

Olhar Direto
Araguaia Notícia
Mato Grosso atingiu neste domingo (1) a marca de 12.795 óbitos em decorrência do coronavírus. Entre as vítimas dos últimos dias está Maria Aparecida Ferreira Nascimento, prima do vereador Juca do Guaraná, Antônio Leonardo Rodrigues Taveira, torcedor do Cuiabá Esporte Clube, Lorrayne Camila Martins Gomes, funcionária da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o juinense Francisco Carlos Pereira.
 
A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá emitiu uma nota de pesar em nome dos demais vereadores que compõem o Legislativo, lamentando o falecimento de Maria Aparecida Ferreira Nascimento Costa, aos 56 anos, neste domingo (1) por complicações da Covid-19. Ela era prima do vereador Juca do Guaraná. Em seu perfil no Instagram o parlamentar disse “Em nossas vidas, a mudança é inevitável. A perda é inevitável. Mesmo sabendo que um dia a vida acaba, nós nunca estamos preparados para perder alguém. A saudade eterniza a presença de quem se foi”.
 
Também ontem (1) faleceu Francisco Carlos Pereira, aos 59 anos, vítima da Covid-19. De acordo com o site Juína News ele trabalhou como motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Juína por cinco anos, e depois começou a trabalhar com vendas. Francisco deixa esposa e dois filhos.
 
No sábado faleceu Antônio Leonardo Rodrigues Taveira, aos 43 anos, também por complicações da Covid-19. Ele estava internado em uma UTI de um hospital particular na capital. Antônio era torcedor do Cuiabá Esporte Clube. Por meio de nota em seus perfis nas redes sociais o time homenageou Antônio e relembrou que ele acompanhava o Cuiabá desde a série D. Familiares dele também lamentaram a perda nas redes sociais.
 
Outra vítima da Covid-19 foi Lorrayne Camila Martins Gomes, que atuava como auxiliar na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campinápolis. Ela teve complicações por causa da obesidade. Lorrayne morreu no último dia 30 de julho aos 27 anos e já havia tomado a primeira dose da vacina contra o coronavírus. Por meio de nota a FCDL/MT lamentou a morte e prestou condolências à família de Lorrayne.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
5.0%
20.2%
72.9%