02/08/2021 às 11h07min - Atualizada em 02/08/2021 às 11h07min

PM prende homem que mandou promotor de Justiça enfiar gravata no ânus em MT

Leticia Kathucia / Folha Max via Araguaia Notícia
Foi detido da tarde de domingo (1/8), no município de Matupá (717 km de Cuiabá), acusado de praticar crime de "boca de urna" e desacato, G.L.T., de 59 anos. O flagrante foi no final da votação na eleição suplementar para escolha do novo prefeito e vice-prefeito da Cidade. 

Gerson foi flagrado em frente a um local de votação cometendo o crime eleitoral, e ao ser questionado desferiu ofensas contra o promotor de Justiça, Marcelo Mantovani Beato, que acionou a Polícia Militar para efetuar a prisão do acusado.  

Segundo informações do boletim de ocorrências, a guarnição foi acionada pelo promotor, com objetivo de dar apoio à fiscalizações do pleito eleitoral em Matupá.

Quando a guarnição chegou, o representante do MP Eleitoral informou que o suspeito estava em uma caminhonete Ranger de cor branca, com vários adesivos do candidato de número 40, correspondente ao candidato Geraldo Gezoni, que também é delegado.

Disse ainda que, o suspeito passou na frente do local de votação e gritou, ‘é quarenta porra’.  O promotor ainda tentou advertir o suspeito quanto a pratica de crime eleitoral, que rebateu dizendo “pega tua gravada e enfia no teu c*". 

Diante dos fatos, o acusado foi detido por crime eleitoral. Dentro do veículo do suspeito havia latas de cerveja. O homem confessou que estava ingerindo bebida alcoólica, mas ele não quis se submeter ao teste do bafômetro. Ele foi detido e encaminahdo à delegacia de polícia da cidade para as demais providências. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.8%
5.1%
20.3%
72.8%