31/07/2021 às 11h02min - Atualizada em 31/07/2021 às 11h02min

Servidor do Incra é acusado de levar empresária ao motel e tentar agarrá-la sem consentimento dela

O acusado deve responder por importunação sexual e até mesmo tentativa de estupro

Thaisa Santana / Olhar Alerta e Araguaia Notícia
ARAGUAIA NOTÍCIA
Uma empresária afirma ter sido vítima de importunação sexual por parte de um funcionário do sexo masculino do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de Confresa na manhã de terça-feira (27/7).

Conforme ocorrência, a vítima afirma que fazia o trajeto do município de Porto Alegre do Norte para Confresa na companhia do suspeito, que pediu para dirigir o carro dela para testá-lo. Ela deixou e, durante o percurso, ele teria adentrado um motel localizado na BR-158. 

No local, ele teria tentado pegar o celular da mulher que estava entre as suas pernas, contudo, ela conseguiu segurar o objeto. A vítima afirma que, enquanto o servidor público tirava fotos do quarto de motel, ela tentou fazer ligações para pedir ajuda. Ele teria investido várias vezes na tentativa de agarrá-la, entretanto, ela conseguiu se desvincilhar.

Após o ocorrido, a mulher teria procurado a Delegacia de Polícia Judiciária Civil para registro de boletim de ocorrência. Caso seja comprovada a acusação feita, o supeito poderá responder por importunação sexual e tentativa de estupro.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
18.5%
74.4%