27/07/2021 às 09h02min - Atualizada em 27/07/2021 às 09h02min

Testagem em massa e isolamento de salas de aula serão feitos se alguém contrair covid-19 em escolas

Olhar Direto
Araguaia Notícia
O secretário estadual de Educação (Seduc), Alan Porto, deu alguns detalhes de como funcionará o retorno das aulas nas unidades mato-grossenses a partir do dia 03 de agosto. Um dos pontos tocados é sobre o que acontecerá se alguém testar positivo para o coronavírus. Segundo o gestor, o protocolo determina o isolamento das salas de aula e exames em massa.
 
“Todo o plano de contingência foi elaborado com técnicos de várias áreas. Percorremos todo o estado nos últimos meses fazendo orientações de como fazer acolhida dos aluos, uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Se em uma sala de aula o professor teve Covid-19, será isolada. Teremos os testes para serem feitos”, pontuou o secretário.
 
Alan Porto detalhou que, em caso de algum aluno ou professor contaminado ou com sintomas, toda a turma será testada. “Será direcionado para uma unidade básica de saúde do município. Se for aqui na baixada, temos a Arena Pantanal com toda estrutura para atendimento também. A saúde fará todo o encaminhamento”.
 
“O mais importante de tudo é que precisamos voltar estas atividades pensando na vida de qualidade, que passa pela educação. Precisamos colocar o aluno de volta à sala de aula, até para que ele tenha o entendimento de como ele deve se portar na pandemia”, finalizou o secretário.
 
Volta às aulas
 
O Governo de Mato Grosso confirmou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (26), o retorno das aulas nas unidades de ensino estaduais no dia 03 de agosto. Neste primeiro momento, a quantidade de estudantes por sala será limitado. O secretário estadual de Educação (Seduc), Alan Porto, pontuou que todos os protocolos serão seguidos e lembrou que todos os profissionais da Pasta já tomaram pelo menos a primeira dose da vacina.
 
As aulas em Mato Grosso estavam suspensas desde março de 2020, quando teve início a pandemia. O secretário lembrou ainda que todos os profissionais da educação já receberam a primeira dose. "Foi uma categoria priorizada pelo governo, que destinou 20% das doses. Todos devem receber o reforço dos imunizantes entre agosto e setembro".
 
O governo prometeu distribuir máscaras para seus profissionais e todos outros ítens para auxiliar no cumprimento dos protocolos contra a Covid-19. Além disto, as unidades que tiverem profissionais ou alunos que testem positivo para o coronavírus, precisarão de imediato fazer a comunicação.
 
Questionado sobre o pensamento do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) de não retornar as aulas, o governador Mauro Mendes (DEM) disse que respeita a posição, mas entende que este é o momento da volta.
 
"Passei três dias andando pelo Araguaia e me impressionei com as pessoas ligadas a educação nos parabenizando. Professores que diziam estar aposentando com tristeza, porque viram a educação sem receber a atenção que deveria, coisa que estamos fazendo agora", comentou o governador.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.9%
5.1%
20.5%
72.6%