05/04/2014 às 18h18min - Atualizada em 05/04/2014 às 18h18min

Tribunal de Justiça arquiva ações do MPE/GO contra o prefeito Aurélio Mendes

Francis Amorim
Agua Boa News

O prefeito de Aragarças Aurélio Mendes foi inocentado na ação proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) que apontava o seu envolvimento na compra de medicamentos que resultou na realização da operação “Tarja Preta”. As ações do MPE foram arquivadas pela Corte Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, que emitiram certidões de andamento processual, informando o histórico dos processos.

Nas certidões do Tribunal de Justiça, constam que o agravo de instrumento requerido pelo Ministério Público que pedia a suspensão da liminar que garantiu o retorno de Aurélio ao cargo fosse suspensa, foi arquivada, o que garante a inocência do prefeito. A decisão da Corte Especial joga por terra as ações impetradas pelo MPE que tentou desestabilizar a gestão do prefeito.

Nesta quinta-feira (3), o prefeito reuniu a imprensa na sede da Prefeitura para desmentir boatos que circularam nos últimos dias dando conta de um possível afastamento do cargo. Com documentos emitidos pelo Tribunal de Justiça, Aurélio Mendes contestou as informações, garantindo sua inocência das acusações que foi vítima em 2013.

“Sempre tivemos a consciência tranquila. E agora, esta decisão, mostra que estávamos certos. Infelizmente, existem pessoas que não querem o bem de Aragarças e tentam desestabilizar a administração com denúncias infundadas como aconteceu. Aqui estão as certidões do Tribunal de Justiça que me inocenta de todas as acusações e desmentem a onda de boatos que tomou conta da cidade sobre um novo afastamento do cargo”, disse o prefeito, ressaltando que sua intenção sempre foi trabalhar por uma Aragarças melhor.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.0%
75.3%