21/07/2021 às 16h55min - Atualizada em 21/07/2021 às 16h55min

Ex-peão de rodeio acusado de matar mãe e filho de 8 anos no Araguaia é preso no Pará VEJA VÍDEO

O suspeito é conhecido como Couro Velho

Araguaia Notícia
O Liberal via Araguaia Notícia 

Milton Carneiro da Silva, de 39 anos, conhecido como "Couro Velho", ex-peão de rodeio, foi preso na manhã de terça-feira (20/7), pela Polícia Civil, no município de Tucumã, sudeste do Pará. Ele é acusado de ter matado a facadas a ex-companheira Ivoneide Meireles Cordeiro e o filho dela, Gilmar Guilherme da Silva, de oito anos de idade, em 29 de dezembro de 2013, na zona rural de São José do Xingu, no Estado do Mato Grosso, e estava foragido desde a data do crime. Com informações dos portais Zé Dudu e Gazeta Digital.

Segundo informações da polícia, o acusado disse, em depoimento, que teria fugido para o Pará logo após cometer o crime, pois estaria com medo de ser morto pela população local, que ficou muito abalada pelo duplo homicídio. No Estado, ele ficou trabalhando entre os municípios de São Félix do Xingu e Tucumã, onde se estabeleceu posteriormente.

Depois de ser localizado e preso, Milton negou que tivesse matado a criança, que morava com o pai, no município de Alto da Boa Vista (MT), e estava passando o final de ano com a mãe. Ele afirmou que, após uma discussão, Ivoneide teria se armado com uma faca e partido para cima dele, que revidou e a golpeou, em legítima defesa. Ele também disse que, quando tomou a faca da vítima, o garoto já estaria caído no chão.

Ainda de acordo com informações da polícia, na região em que ocorreu o crime, o acusado era muito conhecido como peão de rodeios e tinha uma legião de admiradores. Milton Carneiro da Silva foi preso e será recambiado para o Mato Grosso, onde ficará à disposição da Justiça.



Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%