17/07/2021 às 11h06min - Atualizada em 17/07/2021 às 11h06min

Técnica da Saúde encontrada morta na cama morreu de aneurisma, aponta laudo

O resultado preliminar da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) indica que a técnica de enfermagem Suellen Cristina Fernandes de Jesus de Oliveira, 35 anos, morreu após sofrer um aneurisma cerebral.

A morte da profissional foi registrada na polícia pelo marido da vítima, na quinta-feira (15). Contudo, o óbito ocorreu na quarta-feira (14), quando a técnica foi achada sem vida em sua cama.

Ao lado do corpo de Suellen Cristina foi encontrara uma seringa, que seria utilizada para injeção de medicamentos tranquilizantes. Relato da mãe aponta que a técnica vinha reclamando de dores pelo corpo e que utilizava os remédios para aliviar os incômodos.

A mãe de Suellen contou ainda que passou a tarde de quarta-feira com a filha sem que a profissional sem notar qualquer tipo de alteração na saúde da técnica.

Aos agentes da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o marido da vítima afirmou que ela trabalhava no Hospital Regional da cidade, atendendo a pacientes com covid-19.

O velório da técnica de enfermagem ocorreu nesta sexta-feira (16), a partir das 9 horas, na quadra 79, Vila Aurora Jazigo 11.

NOTA PÚBLICA

O Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT) lamenta a morte da Técnica de Enfermagem Suellen Cristina Fernandes de Jesus, de 35 anos.

A profissional foi a óbito na última quarta-feira (14), na própria residência. A causa da morte ainda não foi revelada.

Suellen foi inscrita no Coren-MT em 2019. Trabalhou na UTI pediátrica do Hospital Santa Casa de Rondonópolis e atualmente trabalhava na UTI 2 Covid-19, do Hospital Regional.

À família, amigos e colegas de trabalho, nossos sinceros sentimentos.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%